Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
'CABEÇA DE TEIA'

Manaus ganha murais de grafite para divulgar novo filme do 'Homem Aranha'

Com estreia em janeiro, animação “Homem-Aranha no Aranhaverso” mostra o amigo vizinhança em várias dimensões



homem_aranha_FAAA03F2-60E1-45DE-8767-28EA3B89B245.JPG Hipz, na foto, criou os murais junto com Adonay Garcia. Foto: Divulgação
29/12/2018 às 02:28

Ao lado de outras cinco capitais brasileiras, incluindo São Paulo, Brasília e Recife, Manaus entrou na rota de divulgação do filme “Homem-Aranha no Aranhaverso”, que tem estreia marcada para o dia 10 de janeiro. Nessas cidades, a Sony Pictures escalou grafiteiros para criarem murais inspirados na animação, cujo enredo mostrará o encontro entre Aranhas de universos paralelos, como Miles Morales, Peter Parker e Gwen-Aranha. Por aqui, a missão foi dada ao artista Alessandro Hipz, que convidou Adonay Garcia para ajudar no trabalho.

“Junto com a agência Espaço/Z, a Sony quis fazer uma promoção diferente do filme, então convidou artistas que são referência no segmento do grafite em cada região para desenvolver esse trabalho. Eles fizeram contato comigo depois de verem meus trabalhos em artigos e matérias, além do material que exponho nas redes sociais”, conta Hipz.

Segundo ele, Manaus foi a capital que ganhou o maior número de murais do Homem-Aranha, num total de três, todos localizados no Centro. As artes poderão ser vistas até o dia 13 de janeiro nas ruas Dez de Julho, Ferreira Pena e Dos Barés. “Pediram que a gente usasse referências dos diversos tipos de Aranhas que fazem parte do filme, mas a ideia era que cada artista usasse seu próprio estilo”, explica.

Hipz ainda inseriu uma pitada de “amazonês” em uma das artes, com legendas que remetem a expressões usadas no dia a dia do manauara, como “telezé”, “quente no balde” e “não, é pão”. “De pano de fundo usei a selva amazônica e a imagem de fim de tarde com nosso calor delicioso”, brinca o grafiteiro. Todo o trabalho foi registrado pelo cinegrafista Robert Coelho e deve ser divulgado em breve pela Sony.

Fã de histórias em quadrinhos desde criança, Hipz atribui às HQs o impulso para começar a desenhar cedo. De lá para cá, ele manteve o costume de ler as revistinhas e eventualmente pesca nelas alguma referência para usar nos trabalhos com grafite. Por isso, os murais dedicados aos Aranhas representaram um desafio especial para o artista.

“Eu tive o mesmo tempo que os artistas das outras cidades, mas com um número maior de pintura, e também tive que levar em conta o período de chuvas para concluir o trabalho. No fim das contas, além da satisfação de fazer parte de um time de artistas renomados e desenvolver um trabalho desse nível para uma empresa do porte da Sony, realizei um sonho de curumim representar uma HQ que eu acompanho desde criança”.

Enredo do filme

Miles Morales é um jovem negro do Brooklyn que se tornou o Homem-Aranha inspirado no legado de Peter Parker, já falecido. Entretanto, ao visitar o túmulo de seu ídolo em uma noite chuvosa, ele é surpreendido com a presença do próprio Peter, vestindo o traje do herói aracnídeo sob um sobretudo. A surpresa fica ainda maior quando Miles descobre que ele veio de uma dimensão paralela.

Time de artistas

Os grafiteiros que assinam murais nas outras capitais são: Binho (SP), Maria Raquel Bolinho (MG), Pedro Sageon Gurulino e Renato Moll (DF),  Lucas Anão Vernieri e Leandro Raios (RS) e Adelson Boris (PE).

 

 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.