Publicidade
Entretenimento
Vida

Manaus recebe curta temporada de espetáculo de Miguel Thiré

Misto de happening e encenação, peça "O que você gostaria que ficasse" fica em cartaz de 24 a 27 de novembro, sempre às 20h, no Espaço das Cias. 18/11/2014 às 15:08
Show 1
Miguel Thiré dirigiu elenco formado por Cynthia Reis, Eduardo Cravo, Jarbas Albuquerque, Raquel Alvarenga e Suzana Nascimento
ROSIEL MENDONÇA Manaus (AM)

Um mundo sem seres humanos nem qualquer sinal de expressão artística ou pista sobre os feitos da nossa espécie. Esse é o cenário fictício que o grupo Brecha Coletivo, do Rio de Janeiro, propõe com o espetáculo “O que você gostaria que ficasse”, que desembarca em Manaus na próxima segunda-feira, dia 24, para uma curta temporada até o dia 27, no Espaço das Cias. (rua Dona Libânia, 330, 2º andar, Centro), sempre às 20h. O espaço tem lotação de 39 pessoas e os ingressos serão vendidos somente na hora ao valor de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). 

O trabalho tem concepção e direção de Miguel Thiré, que se inspirou na trama do documentário “O Mundo Sem Nós”, de Alan Weisman. Nele, o autor constrói uma espécie de retrospectiva inversa em que é possível acompanhar, etapa por etapa, um processo de desaparecimento gradual, mas implacável, de qualquer resquício da existência humana. O elenco é formado pelos atores-criadores Cynthia Reis, Eduardo Cravo, Jarbas Albuquerque, Raquel Alvarenga e Suzana Nascimento.

O resultado de “O Que Você Gostaria que Ficasse”, segundo Thiré, é um misto de happening e encenação no qual o público tem um papel fundamental. “Nunca ficamos muito preocupados em saber como o espetáculo se classificaria dentro do Teatro”, conta o diretor.

“O importante de explicar é que fazemos um trabalho que vai muito além da relação do espectador com a obra teatral. Ele deixa de ser só um agente observador e é convidado a contribuir com o trabalho, mas em nenhum momento convocamos ou apontamos o dedo. Simplesmente o jogo da cena deixa a plateia perceber que ela pode participar de algumas maneiras específicas”, completa ele, que está em cartaz com Mateus Solano na comédia “Selfie”.

CÁPSULA DO TEMPO

Segundo Thiré, o espetáculo propõe que o público decida o que ele gostaria que fosse conservado para os futuros habitantes da Terra no caso da extinção da espécie humana. “É um inventário coletivo de afetos”, define o artista, que recebe cada participação da plateia como um presente. “É um trabalho que doou muito para nós, das histórias mais engraçadas às mais comoventes”.

O diretor explica que começou a investigar essa forma de construção cênica, também chamada de “dramaturgias recombinantes”, a partir de 2010, sob influência do encontro com o artista Jefferson Miranda. “O que você gostaria que ficasse” também é o primeiro projeto dirigido por Miguel Thiré desde “Superiores”, que foi indicado ao Prêmio Shell por sua pesquisa de linguagem.

SERVIÇO

o quê: Temporada de "O que você gostaria que ficasse", do Brecha Coletivo (RJ)

onde: (rua Dona Libânia, 330, 2º andar, Centro - primeira rua depois do Bar do Armando)

quando: De 24 a 27 de novembro, sempre às 20h

quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), somente na hora

infos.: (92) 98201-1229



Publicidade
Publicidade