Publicidade
Entretenimento
FOTOGRAFIA

‘Maratona Fotográfica’ comemora Dia da Fotografia no Centro de Manaus

Amantes da fotografia e estudantes vão percorrer 2,5 km pelos principais pontos do Centro Histórico da capital, onde, além de fotografar, vão debater sobre fotografia 15/08/2018 às 11:13
Show fotografo e9c0ea1f 8195 429c a4e3 ae82b95f5b9d
Foto: Divulgação
acritica.com

O Paço da Liberdade, localizado no Centro Histórico de Manaus, será ponto de encontro da “Maratona Fotográfica”, no próximo domingo (19), às 8h, em alusão ao Dia Mundial da Fotografia, comemorado no dia 19 de agosto. O evento é uma realização do Núcleo de Fotografia e Vídeo do Amazonas (NFVA).

A organizadora do evento, Sandra Praia, estende o convite para estudantes e amantes da fotografia, além dos fotógrafos amadores e profissionais que queiram se juntar à caminhada. “Na maratona fotográfica, vamos percorrer 2,5 quilômetros pelos principais pontos do Centro Histórico da capital, onde, além de fotografar, vamos falar sobre fotografia também”, pontuou Praia.

O ponto de partida da maratona será no Paço da Liberdade, situado na rua Gabriel Salgado. O grupo seguirá pela rua Bernardo Ramos, a primeira rua urbanizada da cidade, que, ao longo de sua extensão, abriga diversas construções que remetem ao início da urbanização de Manaus. Logo após, a maratona passará pelo Porto de Manaus, Praça da Matriz, Biblioteca Pública, pelos Castelinhos da rua Rui Barbosa, Largo de São Sebastião encerrando na Casa das Artes.

Quem quiser participar da Maratona Fotográfica, deverá comparecer ao Paço da Liberdade, no dia e horário marcado pela organização do evento, com o equipamento fotográfico. Aqueles que não tiverem equipamento também poderão participar da caminhada. Para mais informações, o Núcleo de Fotografia e Vídeo do Amazonas disponibiliza o e-mail nucleodefotografiaevideo@cultura.am.gov.br. 

Dia da Fotografia                                                                                                       

A fotografia é uma das maiores invenções da era moderna, que transformou completamente a literatura e comunicação no século XX. Nela consiste o processo que permite registrar e reproduzir, por meio de reações químicas e em superfícies preparadas para o efeito, as imagens que se tiram no fundo de uma câmera escura.

O dia 19 de agosto foi escolhido em homenagem à invenção do daguerreotipo, o antecessor das câmeras fotográficas, que se refere ao antigo aparelho fotográfico inventado por Louis Jacques Mandé Daguerre, físico e pintor francês, que fixava as imagens obtidas na câmara escura numa folha de prata sobre uma placa de cobre.  Foi em 19 de agosto de 1839 que a Academia Francesa de Ciências anunciava mundialmente a nova invenção.

Exposição

O material que for produzido durante a maratona poderá fazer parte da exposição “Manaus 349 anos”, que ficará no Largo de São Sebastião, no dia 24 de outubro. As obras deverão ser encaminhadas em formato impresso, para a Central de Exposições do Centro de Artes Visuais Galeria do Largo até o dia 10 de outubro.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade