Sábado, 19 de Outubro de 2019
Buzz

Massagista processa John Travolta por assédio sexual

O massagista, um homem identificado com o apelido de "John Doe", pede US$ 2 milhões por danos e estresse emocional



1.jpg John Travolta
08/05/2012 às 07:24

O ator John Travolta foi processado por assédio sexual por um massagista que assegura que o ator tentou ter relações sexuais com ele e tocou seus genitais durante uma sessão de massagem, informou nesta segunda-feira o site "TMZ".

O massagista, um homem identificado com o apelido de "John Doe", acusa Travolta de assédio e agressão sexual, e pede US$ 2 milhões por danos e estresse emocional.



O litigante afirma que durante uma sessão de massagem no Beverly Hills Hotel, em Los Angeles, Travolta tirou a roupa e tocou em seu órgão genital.

O ator, segundo o processo citado pelo "TMZ", pediu ao massagista que lhe masturbasse e contou que parte de sua fama e posição atual se devem a "favores sexuais" que realizou no começo de sua carreira.

Travolta se desculpou depois por seu comportamento, mas em seguida se ofereceu para manter relações com ele e com "outra estrela de Hollywood", de acordo o processo.

Os representantes de Travolta qualificaram o processo de "completa ficção" em comunicado divulgado e afirmaram que o ator não estava em Los Angeles quando supostamente ocorreram os fatos e que o massagista só procura "seus 15 minutos de fama".

O ator, casado com a atriz Kelly Preston, enfrentou várias vezes especulações e rumores sobre supostas relações homossexuais.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.