Publicidade
Entretenimento
Amigas para sempre

Melhores amigas para sempre

Sem censura, segredos, fofocas ou julgamentos. Assim vivem as melhores amigas 28/01/2013 às 14:16
Show 1
Julia Araújo (deitada) com as amigas Valentina Iturri, Emily Jacintho, Carol Arruda e Bruna Luniere
Cynthia Blink Manaus

As Best Friends Forever (do inglês melhores amigas para sempre) do momento  no mundo das celebridades teen são Selena Gomes e Taylor Swift. A primeira revelou  esta semana  que entre elas o assunto não tem fim, nem censura, não existem segredos ou julgamentos. Elas riem, choram, fofocam, são  amigas-irmãs.

Essa afinidade entre amigas costuma se fortalecer na adolescência, a difícil fase das descobertas. A  busca pela autonomia exige libertar-se um pouco da influência direta dos pais e deixar que os amigos assumam o principal ponto de apoio.

O papel dos pais e dos amigos próximos não devem se confundir, alertou a psicóloga Thaís Sampaio.  “Pai é genitor, benfeitor, protetor, gerador. Amigo é uma pessoa a quem somos ligados por identificação, afeição, ternura. Os filhos não querem um pai-amigo, porque amigos eles já têm. São aqueles confidentes para questões do dia a dia, com quem tramam suas paqueras, suas saídas, jogam conversa fora”, esclareceu, e completou.  “Desde o nascimento, as crianças precisam (e esperam) ser orientadas pelos pais. Se eles assumem uma postura de amigos, e não de pais, alguém vai se encarregar desse papel”, disse a psicóloga.

Vida longa

Ainda segundo Thaís Sampaio, pessoas com uma boa rede de amigos e confidentes vivem 22% mais tempo do que aqueles que se isolam. Se a estatística for verdadeira, quem já pode comemorar a vida longa é  Julia Araújo, 17. Ela tem quatro melhores amigas: Valentina Iturri, Emily Jacintho, Carol Arruda e Bruna Luniere. Como boas BFFs são praticamente Inseparáveis.

“Elas me apoiam nos momentos de crise, coisas de adolescente, problemas de autoestima, com meninos... Elas estão sempre do meu lado me ajudando a superar as dificuldades”, comentou  Júlia.

Quem também pode esperar por muitos anos de vida é  Jaque Coleti. A adolescente de 17 anos tem uma amiga-irmã desde a infância. “É maravilhoso ter alguém com quem contar. Quando estou perto dela esqueço qualquer coisa ruim na minha vida. O chato é que, como não somos mais vizinhas, fico com saudades, mas nos visitamos sempre”, contou Jaque.

A amiga de quem Jaque fala com tanto apreço é Lianne Cavalcante, 18. Ela conta um dos muitos momentos marcantes com Jaque. “Quando a minha cadela mais velha morreu a gente foi enterrá-la. Eu estava abalada, muito triste, chorando e a Jaque ficou do meu lado e fez eu me sentir melhor”, revelou Lianne.

Publicidade
Publicidade