Publicidade
Entretenimento
Vida

Mil e uma utilidades: pallets ganham novos usos no mobiliário

Estrados de madeira usados em transporte de cargas dão origem a móveis diversos para residências e espaços de trabalho 15/08/2015 às 18:21
Show 1
Versátil e barato, material pode dar origem a móveis criativos para casas e escritórios
Jony Clay Borges Manaus (AM)

Utilizados para o transporte de cargas no comércio e na indústria, os pallets de madeira estão ganhando novos usos no mobiliário e na decoração. Versátil, prático e barato, o artefato permite criar uma grande variedade de móveis e utilitários para residências e escritórios. A reutilização do material contribui ainda para o caráter sustentável de mobílias e projetos de interiores, ao promover a reciclagem e evitar descarte desnecessário na natureza.

Produzidos em formatos padronizados, a partir de madeira rústica, os pallets podem tanto ser combinados uns com os outros para a criação de mobílias simples, como ainda desmontatados e remontados sem muito trabalho, dando origem a diferentes projetos. A multiplicidade de usos e possibilidades é o que chama a atenção no material, na visão da arquiteta urbanista e ecodesigner Margloris Marin.


Escritório com pallets, em projeto da arquiteta urbanista e ecodesigner Margloris Marin (Acervo pessoal/Margloris Marin)

“É um material rústico, mas ao mesmo tempo pode ser nobre, apenas com tratamento e pintura. E pode virar cama, deque, sofá, revestimento de paredes e pisos. Ele é muito versátil, você consegue usar de várias maneiras”, declara a profissional, que lança mão do artefato não só nos projetos feitos para seus clientes como na própria casa. “Uma prova de como gosto de pallets é minha mesa de jantar, feita com eles”, revela.

No quarto, cama, criados-mudos e cabeceiras feitos a partir de pallets (Divulgação)

Tons e estilos

Segundo a ecodesigner, os diferentes tipos de pallet dão margem a diferentes propostas e intenções de decoração. “Alguns são bem rústicos e robustos, como aqueles para carregar cerâmica. Outros modelos importados são mais bem acabados, perfeitos. Enfim, há uma variedade de tons e tamanhos, e isso encanta, pois você pode criar na característica que quiser dar ao ambiente. Pode deixar rústico, ou dar um laqueado para deixar mais bem acabado”, comenta. “Tudo vai da criatividade”.

E o mobiliário produzido a partir de pallets pode ser usado em quase todo lugar. “Pode ser em todas as áreas, menos as molhadas, pois a madeira não resiste à umidade. Mas em salas, quartos, paredes, escritório, fica muito bem”, enumera Margloris.


Cortado e tratado, pallet se transformou em suporte para bebidas (Divulgação)


Miniadega de parede foi produzida a partir de madeira de pallets (Divulgação)

Reciclando

Além da versatilidade, os pallets também se apresentam como alternativa mais econômica aos móveis comprados prontos. “É preciso sempre agradar e procurar diminuir custos para o cliente. Hoje existe a necessidade de reinventar e renovar sempre”, destaca ela, apontando os ganhos que sempre surgem com a necessidade. “O lado bom é que você consegue criar novos materiais e revestimentos”.

Mais importante ainda, na visão de Margloris, é o caráter sustentável do uso dos pallets. “Tentamos resgatar esse material por conta do volume crescente de descarte sólido no meio ambiente, e que uma hora vai sobrecarregar o planeta”, assinala a profissional. “A ideia é juntar o útil ao agradável, resgatar a funcionalidade de algo que seria jogado fora”.

Estrado ganhou acréscimo de rodinhas e tampo de vidro para virar mesa de centro (Divulgação)


Conjunto de mesa e cadeiras utiliza material pintado em cores chapadas (Divulgação)

Office

Margloris Marin foi uma das responsáveis pelo Office do Arquiteto Sustentável, da Casa Cor Amazonas 2012. O projeto foi elaborado em parceria com Viviane Melo, Márcyo Nery e Suelen Coêlho.

Onde encontrar

Pallets usados são ideais para serem reutilizados como móveis, desde que estejam em bom estado. O material pode ser obtido a partir do descarte de indústrias e fábricas. Outra opção é adquirir o artefato novo ou seminovo. Em Manaus, o produto é vendido por empresas como SM Sales (www.smsales.com.br) e MG da Amazônia (www.mgdaamazonia.com.br).

Publicidade
Publicidade