Publicidade
Entretenimento
Vida

Milton Nascimento faz show para o Ano do Brasil em Portugal

Os ingressos para 400 lugares por apresentação, estão esgotados há uma semana. Em Portugal, Milton Nascimento é tratado como celebridade 01/02/2013 às 12:03
Show 1
Milton Nascimento é tratado como celebridade em Portugal
Gilberto Costa - Correspondente da EBC - Agência Brasil ---

O cantor e compositor Milton Nascimento faz nesta sexta-feira (1º) à noite e neste sábado (2) um show no Espaço Brasil com a cantora e compositora portuguesa Carminho. O evento está na programação do Ano do Brasil em Portugal, promovido pela Fundação Nacional de Artes (Funarte).

Os ingressos para o show (cerca de 400 lugares por apresentação) estão esgotados há uma semana. Em Portugal, Milton Nascimento é tratado como celebridade. O artista brasileiro esteve pela primeira vez no país em 1980, após turnê pela Suíça e pela França, e recorda-se com carinho da calorosa recepção.

“Na hora que eu saí do teatro [onde fez o primeiro show], as pessoas começaram a correr atrás de mim e a gritar meu nome. Eu nunca pensei que isso ia acontecer na minha vida e em lugar nenhum. Teve hora que eu pensei que era os Beatles”, disse Milton que fez sucesso nos anos 1970 com a canção Para Lennon e McCartney (composta por Fernando Brant, Márcio Borges e Lô Borges, parceiros dele no Clube da Esquina).

A cantora Carminho confirma o status de celebridade de Milton Nascimento entre os portugueses. “Ele é uma referência musical, não só de composição como de interpretação, sobretudo daquilo que é ser uma voz sem limites.” A cantora, que recentemente reeditou o último CD incluindo participações de Nana Caymmi, de Chico Buarque, e do próprio Milton Nascimento, conta que cresceu no Algarve (Sul de Portugal) ouvindo discos de cantores brasileiros, um fato comum em Portugal.

O conhecimento da música brasileira no cenário cultural português é muito maior do que o que ocorre no Brasil com as canções lusitanas. Segundo Milton Nascimento, nos tempos dos “bailes da vida” (em que se apresentava em bares e clubes antes de se tornar famoso), ele chegou a cantar fado, tipo de música portuguesa conhecido à época no Brasil por causa da programação do rádio que era mais eclética. “A gente ouvia muito rádio e escutava música portuguesa, francesa, italiana, espanhola, americana e inglesa”, lembra com saudosismo.

Segundo o produtor e mestre de cerimônias do show, José Ricardo, a explicação para o alto grau de conhecimento da música brasileira em Portugal está na televisão que exibe, desde meados da década de 1970, com grande audiência, as novelas brasileiras. “Os artistas brasileiros entraram junto com as novelas. Não teve um mesmo fenômeno daqui [Portugal] para lá [Brasil]”, compara.

Para Carminho, Milton Nascimento e outros artistas de sua geração cativaram o país pela qualidade da produção musical. “A música brasileira tem muita qualidade e variedade. [O Brasil] É quase um continente de tanta oferta e quase se tornou autossuficiente culturalmente. O culpado disso é o Milton e sua geração que fizeram uma quantidade infinda de músicas - um repertório poético e musical que não dá para mensurar a qualidade”, elogiou.

Além do show de Milton Nascimento, o Ano do Brasil em Portugal promoveu em Lisboa e na cidade do Porto oito apresentações do espetáculo Missa dos Quilombos que tem músicas do compositor carioca (criado em Minas Gerais) para um público de mais de 3,1 mil espectadores.

O Espaço Brasil terá, ao longo de fevereiro, matinês de carnaval e apresentações de forró e receberá cantores como Luiza Possi, Jussara Silveira e Paulinho Moska.

O Espaço Brasil receberá ainda, a partir do dia 20, a exposição A Arquitetura Portuguesa pelo Traço de Lucio Costa, que apresenta os registros e desenhos feitos pelo arquiteto e urbanista durante uma viagem a Portugal na década de 1970.

 

Publicidade
Publicidade