Publicidade
Entretenimento
Vida

Ministério do Turismo aprova recurso de R$ 400 mil ao Boi Manaus

A proposta enviada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult), para aquisição de serviços de infraestrutura, ficou com a terceira maior pontuação. Foram selecionados cinco projetos da região Norte, seis da região Nordeste, nove da região Sul, 11 da região Sudeste e nove da região Centro-Oeste 23/05/2013 às 11:55
Show 1
Caprichoso e Garantido
acritica.com* Manaus, AM

O projeto Boi Manaus, integrante do calendário de eventos da cidade e um dos itens da programação de aniversário de Manaus, em outubro, está entre os 40 projetos aprovados em todo o País, pelo Ministério do Turismo, para celebração de convênio e liberação de recursos da ordem de R$ 400 mil.

A proposta enviada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult), para aquisição de serviços de infraestrutura, ficou com a terceira maior pontuação. Foram selecionados cinco projetos da região Norte, seis da região Nordeste, nove da região Sul, 11 da região Sudeste e nove da região Centro-Oeste. Os recursos serão repassados pela Secretaria Nacional de Políticas do Turismo.

A definição dos eventos foi feita pelo Ministério do Turismo, por meio do Edital de Chamamento Público de Projetos de Eventos de Fortalecimento ao Desenvolvimento Turístico 01/2013. O MTur definiu os valores a serem repassados proporcionalmente ao número de habitantes em cada município contemplado. Os eventos apoiados devem servir ao fortalecimento das políticas públicas, ao desenvolvimento e à promoção do turismo interno.

Para seleção das propostas, foram avaliados diversos itens, desde a existência de Conselho de Turismo, se o evento possui caráter tradicional e de notório conhecimento, fomenta ou é inerente a um segmento de oferta e /ou demanda turística priorizado pelo MTur – no caso de Manaus, refere-se ao Turismo Cultural.

O Ministério do Turismo liberou, para os projetos em todo o Brasil, um total de R$ 8,35 milhões. As propostas serão encaminhadas à área técnica para análise e aprovação do plano de trabalho, desde que atendidas todas as questões técnicas, para posterior empenho.

* Com informações da Semcom

Publicidade
Publicidade