Publicidade
Entretenimento
Beleza

Miss Amazonas 2016 será escolhida nesta quarta (24); conheça as candidatas

Em cerimônia intimista, Miss Amazonas 2016 acontecerá hoje (24) no hotel Blue Tree Premium, no Adrianópolis 24/08/2016 às 12:42
Show misses 2
Primeira fileira (da esq. para dir.: Vitória Lira, Audrey Silveira, Brena Dianná e Thaís Bergamini). Segunda fileira (da esq. para dir.: Enaê Thaianty, Vanessa Lauana, Tatiana Filgueiras, Micaela Marques e Marjorie Honda)
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Ao todo, nove moças disputam a coroa e o título de Miss Amazonas 2016, que será escolhida hoje (24), em uma cerimônia intimista no hotel Blue Tree Premium. Em um ano atípico, com a intercorrência dos Jogos Olímpicos, eleições políticas e problemas na economia, o concurso compactou o formato e o regulamento, em que as candidatas se inscreveram e não possuem seus nomes vinculados a empresas ou cidades.

“Tivemos uma inscrição de moças, na sua grande maioria, da capital. Tivemos duas ou três moças do interior. São meninas que são de certos municípios, mas que não representarão municípios e nem empresas. Não formatamos com nomes de empresas porque preferimos que as moças se inscrevessem para que fossem selecionadas livremente”, pondera Lucius Gonçalves, coordenador estadual do concurso.

Após a inscrição, as candidatas passaram por uma entrevista prévia na sede da Rede Bandeirantes, emissora que detém o concurso. “As candidatas foram previamente contatadas, e antes que as inscrições fossem efetivadas, tivemos algumas eliminações de moças que não se encaixavam no perfil exigido de medidas, ou meninas com tatuagens muito grandes e visíveis. No mais, as nove estão preparadas. Passaram por duas reuniões, fizeram visitas a algumas lojas e se encontraram com equipes de jornalismo e blogueiras da capital”, declara Lucius.

Ao contrário do ano passado, em que houve avaliações prévias com formadores de opinião da capital, as candidatas só serão avaliadas de fato no momento do concurso, neste ano. “Elas vão desfilar na prova de beleza plástica de biquíni e vão fazer a prova de elegância com vestidos de gala. E as nove receberam um questionário, cujas perguntas serão sorteadas e no concurso terão a oportunidade de responder para a comissão julgadora”, diz Gonçalves. As moças também ficaram livres para escolher o modelo e a cor de seus trajes de noite.

O evento deste ano será fechado, aberto apenas para candidatas e convidados da coordenação e organização do concurso, além da imprensa amazonense. “Queremos deixar já bem aberto para as inscrições de 2017, quando voltaremos com aquele glamour maravilhoso, com mil pessoas e bastante patrocínio. O projeto para 2017 é trabalharmos com as faculdades manauaras. Talvez façamos seletivas de candidatas nas instituições”, adianta o coordenador.

Suporte

Membro da organização do Miss Brasil, Adriane Daniele, veio de São Paulo para acompanhar o concurso amazonense de perto. “Acompanhamos as votações e apurações para ter certeza que o evento foi correto. O concurso nacional continuará como no ano passado, mas relacionado um pouco mais com o mundo da moda. Para trazer uma renovação ao público, nada melhor do que unir o trabalho de miss com o mundo da moda, analisando as meninas que têm potencial para trabalhos nessa área”, pondera.

Saiba +

Deixando o seu reinado, a Miss Amazonas 2015, Carolina Toledo, relembra dos momentos de aprendizado e superação que teve – principalmente quando teve a sua coroa arrancada da cabeça pela vice-campeã do concurso, após ser eleita. “Nada acontece na vida da gente por acaso, e se teve que acontecer tudo aquilo foi por algum motivo maior. E o meu legado tem sido esse, distribuir alegria, simpatia, carisma com o povo amazonense que me abraçou de forma maravilhosa”, encerra.

* Confira em tempo real a cobertura completa do evento no @bemviverblog 

Publicidade
Publicidade