Publicidade
Entretenimento
Vida

Miss Amazonas se prepara para o concurso nacional, que acontece no próximo dia 18, em São Paulo

 Carolina Toledo está no confinamento junto com as demais candidatas. Ela está preparada para declamar o "Estatutos do Homem", de Thiago de Mello 12/11/2015 às 10:28
Show 1
Carolina Toledo cursa faculdade de direito, tem 21 anos, 1,75 cm e 56 kg
LAYNNA FEITOZA Manaus (AM)


A poucos dias do Miss Brasil 2015, concurso que irá eleger a mulher mais bela do País, a representante do Amazonas, Carolina Toledo, 21, carrega nada mais do que a tranquilidade. Mesmo estando diante da coroa tão almejada desde a adolescência; mesmo estando até aqui rodeada por família e amigos e entrando hoje (12) em um confinamento onde será ela por si mesma; e mesmo diante da possibilidade de encenar um dos textos mais importantes da literatura amazonense nas preliminares do concurso nacional, Carolina é calmaria e confiança.

Toledo embarcou ontem para São Paulo, e deve ficar confinada com as outras candidatas, sob a custódia do concurso, até o dia 18 de novembro - data da grande final. Desde janeiro ela se prepara fisicamente e psicologicamente para este dia, que finalmente se aproxima.“O meu maior objetivo foi conciliar a faculdade de direito, o meu hobby que é o teatro, juntamente com as aulas de passarela e toda a preparação que envolve o Miss Brasil”, pondera ela.

A conciliação, segundo ela, foi bem sucedida. “Consegui me preparar muito bem com academia, acompanhamento de personal, aeróbica e musculação. Fiz muitos tratamentos estéticos como carboxiterapia, drenagem modeladora e outras atividades que auxiliam no objetivo da miss, que é secar e definir”, complementa.

Além disso, a Miss Amazonas 2015 ainda teve ajuda de seis missólogos – consultores que dão dicas de passarela, postura, etiqueta, entre outros.Carolina diz ainda não conhecer todos os detalhes que permeiam o período de confinamento do concurso. “

A gente cumprirá um agenda que só vai conhecer ao chegar lá. O que a gente sabe é que vamos ter desfile no traje de gala, preliminar de biquíni e oratória, entre outros”, lembra ela.Ao contrário do que muitos acham, as candidatas não tem cabeleireiro e maquiador específico. É nessa fase de reclusão que a organização do evento avaliará não só a beleza e carisma de cada uma, mas o que cada uma sabe fazer para ressaltar a beleza em si.

“Tive aulas de autopenteado e automaquiagem para saber me virar nos trinta lá, porque lá é cada uma por si”, dialoga ela. Questionada sobre se a convivência com as outras concorrentes a deixa apreensiva, Toledo garante que há tempos vem sendo preparada para isso.

“Tive ajuda de misses dos anos anteriores que falaram que eu tinha que me preocupar com isso ou aquilo. E o mais legal é que eu e as 26 outras candidatas do Miss Brasil 2015 temos um grupo no WhatsApp. A gente já se conhece, consegue interagir. A internet facilita muito a vida da gente. Conversamos todo dia e compartilhamos das mesmas ansiedades”, revela.

Prova de talentos

Ainda durante o confinamento, uma prova de talentos está cotada para acontecer. “Na verdade a gente não sabe direitinho como vai ser. Eles [a organização do evento] mandaram um e-mail perguntando qual o talento de cada miss, mas não especificaram se vai ter alguma prova ou não. Se tiver, eu já vou preparada para o que der e vier”, diz Carolina. que também é atriz de teatro.

O coordenador local do Miss Amazonas, Lucius Gonçalves, revela que, se caso houver mesmo a prova de talentos nas preliminares do concurso, Toledo irá fazer um monólogo do “Estatutos do Homem”, do poeta amazonense Thiago de Mello. “Ela vai levar a poesia do homem do Norte para o Miss Brasil”, celebra ele. E, se ainda a miss puder contar a história de alguma lenda amazônica, Carolina deseja compartilhar a da vitória-régia. “Acho uma lenda linda, que vale a pena contar”.

Além dos compromissos pela cidade como miss, Carolina levou a coroa e a faixa do Estado ao “Jogo das 3 Pistas”, do SBT, onde teve a oportunidade de duelar com a Miss Santa Catarina e, de quebra, conhecer Sílvio Santos. Toledo, por sua vez, chamou a atenção do apresentador com sua desenvoltura. Por repetidas vezes, Sílvio afirmou que a miss “se expressava muito bem” e deu a entender que Carolina é uma forte adversária.

“Foi uma experiência única, uma oportunidade de estar com um ícone da televisão brasileira. O Sílvio é aquilo mesmo que é na TV. Ser elogiada por ele é melhor ainda”, destaca ela. As candidatas ao Miss Brasil levaram três malas para SP: uma delas é para o Miss Universo. Quem ganhar vai direto para Las Vegas, rumo à versão internacional do concurso, marcada para o dia 20 de dezembro.


Publicidade
Publicidade