Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Vida

Moda e tendências em destaque no Dragão Fashion

Fortaleza sedia um dos maiores eventos do segmento num misto de celebração e incentivo à cultura cearense



1.jpg Centro Cultural Dragão do Mar será palco do evento de moda
13/04/2013 às 19:29

Começou neste sábado (13), em Fortaleza, um dos maiores eventos de moda autoral do País: a 14ª edição do Dragão Fashion Brasil (DFB). Uma década e meia após ter sido criado, o evento volta ao local dos seus primeiros desfiles, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC), com a proposta de fazer uma grande celebração à cultura do Ceará.

Até o dia 18, nada menos que 30 desfiles de grifes e estilistas cearenses, nacionais e internacionais, vão tomar conta das passarelas do DFB, dentre eles Lino Villaventura, Nuno Gama, Leitmotiv, Doisélles, Rarha Beach Couture, Lindebergue Fernandes e Mar del Castro.



Um dos maiores desafios do DFB 2013 é servir como elemento de convergência de vários segmentos em torno do CDMAC. Ao abranger diversas manifestações artísticas, culturais e comerciais, o evento alia cultura e indústria, artesanato e design, pensamento estratégico e criação.

Por isso, a proposta de que o Dragão Fashion seja um “bicho de sete cabeças” sinaliza para a ressonância dos diversos aspectos da cultura cearense: moda, design, arte, cultura, gastronomia, memória e business.

O que vai rolar

Na noite deste domingo (14), Jadson Ranieri apresenta sua coleção inspirada nos pássaros, com a presença de penas de faisão reaproveitadas de “outros carnavais”, pedrarias e muitas estampas.

A alfaiataria vem cheia de texturas e mistura sarjas Vicunha com lã fria, veludos, jacquard, brocados e malha para criar peças maximalistas e soltas. Amanhã ainda, a grife Mar del Castro, de André Castro, vai levar ao Dragão Fashion sua coleção “Ecos do Mangue”, inspirada no rio Coco e no mangue que o acompanha até o desaguar no mar.

Segunda (15), é a vez de Jeferson Ribeiro e Lindebergue Fernandes apresentarem suas coleções. O resultado do trabalho criativo de Jeferson, segundo ele, é uma mulher elegante que não considera seu corpo um portador de excessos ou dispositivo mecânico, por isso precisa de peças bem elaboradas e minimalistas.

Em modelagens delicadas e precisas, o cetim nobre Veneza da Vicunha, com fios penteados e retorcidos e brilho natural, fará uma contraposição à seda e crepe usados pelo estilista.

“O tecido dará vida às peças estruturadas e com um trabalho de dobradura, dando a ideia de uma roupa-armadura, que proteja e anule o corpo”, explica.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.