Publicidade
Entretenimento
Vida

Moda sob o olhar amazônico

De passagem por Manaus, o fotógrafo Cao Ferreira revela sua paixão pelo mundo fashion 03/09/2013 às 14:39
Show 1
Fotógrafo Cao Ferreira revela sua paixão pelo mundo fashion
Loyana Camelo ---

Quem se depara com os editoriais de moda do fotógrafo amazonense Cao Ferreira pela primeira vez, certamente se impressiona pela suntuosidade do trabalho. As imagens, cuja qualidade acima da média poderiam estampar qualquer revista da mais alta casta do segmento fashion, são em verdade fruto de um olhar autodidata, construído em cima de anos de detida análise da produção de colegas de profissão veteranos. O olhar de Cao Ferreira é um presente que o mundo da moda está começando a desvendar - e apreciar.

Radicado em Curitiba (PR), o fotógrafo comanda a BKBX, uma agência visual lá instalada que conta com uma equipe completa de profissionais preparados para atender qualquer trabalho fotográfico contratado. Isso porque, apesar do talento inegável, Cao precisa de apoio para dar vida às sessões que idealiza.

“É um trabalho de equipe, pois depende de modelos, produtor de moda, produtor executivo, locações, objetos para compor o cenário, profissionais de beleza (cabelo e maquiagem) e o que mais for preciso”, comenta, enfatizando a importância da visão do fotógrafo no fim das contas. “Cabe a ele o resultado final da foto”.

Apesar de a BKBX abraçar todo tipo de trabalho visual, Cao Ferreira revela que fotografia de moda é sua grande paixão. Ainda antes da incursão no mundo fashion, o qual ele não se exime de relatar que é cruel com iniciantes, Cao trabalhou com fotografia publicitária e comercial. Mas como a vocação não tarda a chamar, mudou-se para Curitiba a fim de correr atrás do segmento que sempre gostou.

“Como eu já tinha cultura visual de moda, pois há anos eu consumia  revistas nacionais e internacionais do segmento, foi algo natural. Apesar de fazer pouco tempo que comecei, os primeiros trabalhos que fiz foram muito elogiados”, explica.

Buscando o ápice

Cao Ferreira fotografou para revistas curitibanas como Top View, Voi, Dimensão e Mais e alguns trabalhos em São Paulo. Apesar de já ser respeitado na capital do Paraná, o fotógrafo mira publicações como Vogue, Elle e Harper’s Bazaar. “Enquanto isso vou fazendo o meu trabalho da melhor forma possível”, revela.

Mas o que tanto atrai no mundo fashion? “No caso do editorial é a liberdade de criar. Os editoriais de revistas conceituada do estilo têm altas pirações... claro que existe limite, mas o processo criativo é maravilhoso. Beira o artístico”.

Publicidade
Publicidade