Domingo, 19 de Maio de 2019
Buzz

Morre o ator e humorista Shaolin, aos 44 anos, na Paraíba

Há cinco anos, o ator sofreu um grave acidente, recebeu cuidados médicos e chegou a ficar em coma um longo tempo, mas já estava em casa



1.jpg
Shaolin
14/01/2016 às 09:03

O ator e humorista Francisco Josenilton Veloso, o Shaolin, morreu aos 44 anos de idade nesta quinta-feira (14) depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória. Há cinco anos, o ator havia sofrido um grave acidente, recebeu cuidados médicos e chegou a ficar em coma um longo tempo.

Shaolin morreu em uma clínica particular na cidade de Campina Grande, no estado Paraíba. A esposa do ator, Laudiceia Veloso, publicou na rede social Facebook a confirmação do falecimento. “#‎LUTO Depois de 1821 dias, nosso guerreiro terminou sua batalha. É com muita tristeza que divido a nossa dor com todos vocês”, disse.

A viúva do comediante também informou que Shaolin havia apresentado um quadro febril terça-feira, o que evoluiu para uma infecção pulmonar, precisando de internação imediata. “Recebemos a notícia do hospital, neste momento, que ele sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. As informações sobre velório e local de sepultamento, divulgarei mais tarde. Obrigada a todos pelas orações e pela força!”, disse Laudiceia na rede social.

O velório e o enterro do ator devem acontecer na cidade de Campina Grande ainda hoje.

Internação

Desde o acidente grave ocorrido em 2011, Shaolin passou por diversos cuidados médicos e ficou em coma a maioria do tempo, chegando a se comunicar apenas com expressões faciais, mas consciente de tudo e com alegria de viver, segundo informou familiares a outros sites de notícia.

Shaolin sofreu um acidente no dia 18 de janeiro de 2011 na rodovia federal BR-230, em Campina Grande. No mesmo dia, Shaolin foi socorrido e internado, e pouco tempo depois foi transferido para o Hospital das Clínicas, em São Paulo.

O motorista do caminhão envolvido no acidente com o carro de Shaolin foi condenado no mesmo ano a dois anos em regime aberto, pena que foi convertida em prestação de serviços à comunidade e pagamento de três salários mínimos.

Carreira

Ao longo da carreira, Shaolin participou de diversos programas de TV, como “Domingão do Faustão”, “A Praça É Nossa” e “Show do Tom”. A sua última participação em televisão foi no programa “Tudo é Possível”, de Ana Hickmann, na TV Record.

Shaolin também foi cartunista, chargista e caricaturista, mas foi como ator e humorista que ficou conhecido, fazendo paródias de famosos como Leonardo, Joelma da Banda Calypso, Zezé di Camargo, entre outros.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.