Publicidade
Entretenimento
ARTES INTEGRADAS

Mostra de música do festival 'Até o Tucupi' vai ocupar a orla do São Raimundo

Bandas de Manaus e Belém vão participar do evento nos dias 24 e 25 de setembro, marcando o encerramento da 11ª edição do festival 26/08/2016 às 13:54
Show lucas estrela
O paraense Lucas Estrela é um dos artistas selecionados para a mostra
acritica.com Manaus (AM)

O tradicional bairro de São Raimundo, na Zona Oeste de Manaus, receberá pela primeira vez o Festival Até o Tucupi de Artes Integradas nos dias 24 e 25 de setembro, quando uma mostra de música será realizada para encerrar a programação do evento.

A iniciativa acontece no Parque Rio Negro, na orla requalificada do bairro, com a apresentação de 10 shows musicais, rodas de debates, exibição de filmes para crianças, além de intervenções artísticas variadas. A programação nos dois dias inicia às 16h e vai até às 22h. O acesso será gratuito.

Para compor o palco com seis horas diárias de música dos mais variados estilos, o festival abriu inscrições online durante todo o mês de julho deste ano. A ideia era selecionar apenas trabalhos que nunca se apresentaram no Até o Tucupi. Foram mais de 70 inscrições, a maioria da própria cidade de Manaus, mas também se inscreveram artistas de outras cidades da região Norte, do Sudeste, do Sul e do Nordeste. A curadoria ficou a cargo do músico e produtor musical amazonense Bruno Prestes.

Os trabalhos vão do reggae ao thrash metal, do hard core ao rap, do indie rock às novas tendências da música brasileira, como a guitarra tecnomelody do Pará e o beiradão do Amazonas. Foram selecionados seis trabalhos da cidade de Manaus e um da cidade de Belém (PA). São eles: Holodomor, Lucas Estrela (PA), Qua$imorto, Silent, Superbad, Vibe Positiva e Xandoré.

Artistas convidados também compõem a Mostra de Música da edição desse ano. A banda Supercolisor, se apresenta pela primeira vez em Manaus após temporada de quase um ano na cidade de São Paulo. A cantora Márcia Novo também é convidada e se apresenta pela primeira vez no evento, com show baseado em seu último disco, “O novo som do beiradão”. 

Pautando as mulheres, um coletivo de MCs prestará homenagem à MC Branquela, com o show “Mina no MIC”, em apresentação que promete interação com outras linguagens do hip hop, como o grafitti e o breack dance.

Ao longo do parque outras atividades vão interagir com as atrações musicais, como manifestações artísticas e debates com transmissão online nos mirantes. As crianças também terão atividade dedicada especialmente a elas, com exibição de filmes. 

Tema e ilustração

Nesta edição de 2016, o Festival Até o Tucupi de Artes Integradas pretende alcançar um público total de 10 mil pessoas, entre programações artísticas, de formação, debates e shows. O evento acontece entre os dias 20 e 25 de setembro, oferecendo ao público uma programação artística e de formação totalmente gratuita. 

Com o tema #AtéOTucupiDeCultura, o festival provoca debates que gerem o desejo coletivo de transformar a cidade, com foco na qualidade de vida, tendo a transversalidade da Cultura como centro articulador.

Pensando nesse tema, o artista visual Turenko Beça foi convidado para produzir ilustração que será a base da identidade visual do festival desse ano. Não é a primeira vez que ele se encarrega dessa missão, já que em 2011 também assinou a “cara” do festival daquele ano. O artista disse que “as sensações provocadas no espírito quando se bebe tucupi e a ampliação dos sentidos” foram os fios inspiradores da obra.

* Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade