Publicidade
Entretenimento
Vida

Mova-se vai às ruas: festival passará por terminais

Segundo o diretor-geral do festival, João Fernandes, a ideia da programação externa surgiu na tentativa de descentralizar as apresentações do Centro da cidade e, consequentemente, dos espaços culturais já consolidados 06/06/2013 às 09:43
Show 1
Grupo de street dance foi escolhido para a atividade externa
a crítica Manaus, AM

O “Festival Mova-se: Solos, Duos e Trios” vai trazer uma novidade na edição deste ano – a programação do evento vai contar com intervenções artísticas fora dos teatros Amazonas e da Instalação, na tentativa de atrair a atenção do público para a dança. Comandado pelo grupo de street dance Bounce, o “Mova-se na Rua” vai acontecer nos dias 20, 21 e 22 de junho, nos terminais de ônibus da Cidade Nova, da Bola do Produtor e do São José, respectivamente, sempre a partir das 17h.

Segundo o diretor-geral do festival, João Fernandes, a ideia da programação externa surgiu na tentativa de descentralizar as apresentações do Centro da cidade e, consequentemente, dos espaços culturais já consolidados. 

“Infelizmente, nem sempre conseguimos atender às demandas de público durante os dias do ‘Mova-se’, por questões de agenda das companhias e outros fatores. Por isso, tivemos a ideia de levar nosso festival àqueles que não sabem da nossa existência ou que se sentem excluídos dos teatros e afins”, explica.

Para ele, sempre que a dança contemporânea é abordada, as pessoas pensam em um estilo específico, porém, o segmento engloba as mais variadas vertentes. “Sentimos a necessidade de dialogar com a população, por isso optamos pela dança de rua, que é um gênero bastante comum em Manaus, com muita gente produzindo, mas sem o espaço necessário. É uma linguagem muito simples e de fácil acesso”, comenta o diretor-geral.

Dança urbana

Escolhido para dar vida ao “Mova-se na Rua”, o Bounce é um grupo formado por mais de 15 jovens. “Eles são populares na cidade e fazem um trabalho bastante sério e de grande destaque. Além disso, teremos a participação de b-boys e b-girls”, acrescenta Fernandes.

Segundo o diretor e coreógrafo do Bounce, Rodrigo Reis, o grupo vai apresentar uma série de coreografias que representam diversas vertentes da dança urbana, como hip hop, ragga e house. “Nossa apresentação vai durar cerca de 20 minutos e estamos preparando coreografias em dupla, trio e em grupo”, adiantou.

Cinco grupos da cidade

Este ano, o festival “Mova-se” será realizado de 26 a 30 de junho, nos teatros Amazonas e da Instalação, no Centro, e contará com a apresentação de cinco companhias locais. 

Cia. de Intérpretes Independentes, Corpo de Arte Contemporânea, Projeto Cênica Corporal Uma, Entre Corpus Cia. de Dança e Cia. de Dança de Artistas Independentes foram as selecionadas pela curadoria formada por João Fernandes, Dyego Monnzaho e Adriana Góes.

O festival é uma realização da Cia. de Idéias e conta com o patrocínio da Fundação Nacional de Artes (Funarte), por meio do prêmio Klauss Vianna, além do BNDES, Caixa Econômica Federal, Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e apoio do Casarão de Idéias e Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Manauscult).

Publicidade
Publicidade