Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
Cinema

Muito além de ‘La La Land’: confira os filmes que prometem chamar atenção em 2017

Dos hits da temporada de premiações nos Estados Unidos aos blockbusters de aventura, fantasia e ação, confira alguns títulos que devem conquistar o público nas salas de exibição este ano



BEM070101_p01.jpg
Musical estrelado por Ryan Gosling e Emma Stone, “La La Land: Cantando estações” disputa sete troféus no Globo de Ouro e deve entrar com tudo no páreo do Oscar 2017
01/01/2017 às 05:00

Nem é preciso avaliar as retrospectivas e balanços para dizer que 2016 foi um ano ruim. Mas a desilusão também abre espaço para novos sonhos e, como a romântica Cecilia de “A rosa púrpura do Cairo” (1985), vamos às salas de cinema descobrir novos motivos para sonhar. De apostas do Oscar a sequências de blockbusters, o BEM VIVER aponta alguns filmes que prometem deleitar os espectadores em 2017.

Quem chama a atenção desde agora são os títulos da temporada de premiações, e dentre eles “La La Land: Cantando estações” (com estreia prevista para 19 de janeiro) desponta como favorito. O musical sobre um pianista de jazz e uma atriz aspirante (Ryan Gosling e Emma Stone) em Los Angeles concorre a sete troféus no Globo de Ouro e deve entrar com tudo no páreo do Oscar 2017.

Outros caça-estatuetas que aportam em breve são os dramas “Moonlight” (sem data prevista), que conta a vida de jovem negro da infância à vida adulta; e “Manchester à beira-mar” (12 de janeiro), em que um homem precisa cuidar do sobrinho adolescente após a morte do pai do garoto. Vale citar ainda “A qualquer custo” (quinta-feira, dia 5) e “Jackie” (2 de março), com Natalie Portman.

Super-heróis
Um dos maiores filões da indústria do cinema, os filmes de heróis ganham novos e esperados títulos em 2017. “Logan” (2 de março) e “Mulher-Maravilha” (1º de junho) são novidades no segmento, além de “Liga da Justiça – Parte Um” (16 de novembro). Do mundo dos games vem ainda “Assassin’s creed” (12 de janeiro), com Michael Fassbender liderando o elenco, e do universo dos seriados japoneses vêm os “Power Rangers” (23 de março).

Mas são as sequências que chegam mais carregadas de expectativa. “Guardiões da Galáxia 2” (27 de abril) e “Star Wars VIII” (14 de dezembro) são alguns dos títulos mais esperados da temporada, que tem ainda “Homem-Aranha: De volta ao lar” (6 de julho), “Thor: Ragnarok” (2 de novembro), e “Transformers: O último cavaleiro” (20 de julho) e “Resident Evil 6: O capítulo final” (26 de janeiro).

Franquias
Séries famosas de aventura e fantasia têm lugar garantido nas bilheterias. A série “Piratas do Caribe” ganha nova sequência com “A vingança de Salazar” (25 de maio). E há ainda “Planeta dos Macacos: A guerra” (13 de julho), “Alien: Covenant” (18 de maio) e “Kong: A Ilha da Caveira” (9 de março). Revival dos filmes de espiões, “Kingsman – Serviço Secreto” também ganha sequência este ano, com estreia prevista para 15 de junho.

Sinônimo de blockbuster, Vin Diesel estrela duas sequências em 2017: “xXx – Reativado” (19 de janeiro), destaque pela participação do jogador Neymar Jr., e “Velozes e furiosos 8” (13 de abril), este com Charlize Theron e Dwayne Johnson.

Só para os adultos, estreiam no dia 16 de fevereiro a comédia “T2”, continuação do cult “Trainspotting” (1996), de Danny Boyle, e o drama sexy “Cinquenta tons mais escuros”, sequência do comentado “Cinquenta tons de cinza” (2015). Na linha ficção & terror, tem ainda o terceiro filme da série “Cloverfield: Monstro” (2008), ainda sem título e com estreia prevista para outubro.

Remakes e reboots também marcam presença na agenda do novo ano. Na primeira categoria está “Vigilante do Amanhã: Ghost in the shell” (30 de março), remake do anime cult de 1995 agora com atores de carne e osso – entre eles Scarlett Johanssen. Também voltam às telonas, em novas versões, “Sexta-Feira 13” (12 de outubro) e “Jumanji” (dezembro).

Nomes de peso
E cineastas consagrados trazem novidades para 2017. Vale a pena estar atento a filmes como “A longa caminhada de Billy Lynn” (19 de janeiro), de Ang Lee; “A Grande Muralha” (2 de fevereiro), de Zhang Yimou; “A lei da noite” (23 de fevereiro), de Ben Affleck; “Valerian e a Cidade dos Mil Planetas” (17 de agosto), de Luc Besson; e “A criada”, de Park Chan-Wook (12 de janeiro).

Após “O Lobo de Wall Street”, Martin Scorsese volta com “Silêncio” (26 de janeiro), sobre dois jesuítas perseguidos no Japão do século 17. Bill Condon dirige a nova versão de “A Bela e a Fera” (16 de março), estrelada por Emma Watson. Já o britânico Ken Loach lança “Eu, Daniel Blake” (quinta, dia 5), vencedor em Cannes.

Ficção e sonho
Também digno de nota é o canadense Denis Villeneuve, que assina a direção do aguardado “Blade Runner 2049” (5 de outubro), com Harrison Ford de volta ao papel de Rick Deckard.

E por falar em ficção científica, dois títulos que merecem atenção são “Passageiros” (quinta, dia 5), com Chris Pratt e Jennifer Lawrence lutando para sobreviver numa nave no espaço sideral; e “Vida” (23 de março), com Ryan Reynolds e Jake Gyllenhaal como parte de uma missão internacional que descobre vida em Marte – algo com que os cientistas sonham há décadas.

Ao menos nas telas, afinal, ainda há bons motivos para se sonhar em 2017.

 

E MAIS: Nacionais também na agenda
As produções made in Brazil também terão presença forte no cinema ao longo de 2017. Já no próximo dia 19 chega às telas o revival de um dos maiores sucessos dos cinemas nacionais dos anos 1980: “Os Saltimbancos Trapalhões – Rumo a Hollywood”, com Didi Mocó e Dedé Santana no elenco.

Outro título que marcou época no cinema brasileiro, “Dona Flor e seus dois maridos” volta às salas de cinema em nova versão no dia 9 de março. Juliana Paes vive o papel-título, e divide o elenco com Leandro Hassum e Marcelo Faria, nos respectivos papéis do farmacêutico Dr. Teodoro e do malandro Vadinho.

Também vale a pena esperar para conferir “O filme da minha vida”, nova incursão de Selton Mello na direção. No longa, um rapaz (Johnny Massaro) volta à cidade natal, no interior gaúcho, e descobre que o pai (Vincent Cassel) voltou para a França.

Na trilha de Mello, Wagner Moura é outro ator que está investindo no trabalho atrás das câmeras. Ele estreia na direção com “Marighella” (19 de outubro), enfocando a trajetória do político e guerrilheiro que foi considerado inimigo número 1 pela ditadura militar no País.

 

BUSCA
Animações

Indicada ao Globo de Ouro, “Moana” é a primeira animação de peso a estrear em 2017. No filme, uma jovem busca aplacar a ira dos deuses sobre sua tribo na Antiga Polinésia. Prometem chamar atenção no ano também: “O Poderoso Chefinho” (30/03), “Meu malvado favorito 3” (29/06) e “LEGO Batman: O filme” (9/02).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.