Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020
LITERATURA

‘Mulheres Chovem’ reúne novos poemas de Myriam Scotti

Livro é a segunda coletânea poética da autora a abordar o universo feminino



E0636783-8019-49E2-AED7-606A0C078106_DC140B85-0196-4E81-AE36-E54D7383D9B2.jpeg Fotos: Divulgação
14/04/2020 às 21:09

O universo feminino, todas as formas de ser mulher e seu vários papéis. Essa é a temática que reúne os poemas em ‘Mulheres Chovem’, o segundo livro de poesia de Myriam Scotti. A ser lançado no final deste mês, a obra já se encontra em pré-venda no site da editora Penalux. Já o evento de lançamento, entretanto, como tudo o mais nessa época de pandemia, foi adiado por tempo indeterminado.

De acordo com a autora, seu primeiro livro de poesia, intitulado ‘A língua que enlaça também fere’, foi lançado em 2018 e também trazia o universo feminino como temática. “Desta vez me vejo como uma poeta mais madura. O anterior foi como um treino, desde então fiquei mais segura da minha escrita, fiz oficinas e o próprio tempo me proporcionou essa mudança”, explicou ela. 



Composto por cerca de 70 poemas, Scotti revela que o livro, que originalmente teria mais de 100 textos, passou por uma seleção rigorosa. O resultado, segundo ela, é um trabalho conciso que reúne poemas e prosas poéticas escritos ao longo de 2019.

"Dessa vez mesclei poemas com micro textos, ao final do livro, que são prosas poéticas. Como a temática era muito próxima, foi bom reuni-los. Por outro lado, alguns poemas já escritos acabei tirando", afirmou ela. 

Rotina pandêmica 

Myriam Scotti conta também que, por conta da pandemia do Coronavírus, sua produtividade de leitura e escrita sofreu quedas. 

“A pandemia tirou muito do meu foco para a escrita. A rotina de casa mudou completamente e foi bem difícil me adaptar. Antes, meu horário de escrita era de manhã cedo, aproveitava que os meninos iam para a escola. Agora, das 7h às 13h30 é impossível escrever”, contou ela.

Myriam ressalta que o lado bom, contudo, é que agora pode escrever em casa, em um espaço próprio para o ofício, cercada de livros e de seu material de pesquisa. “Agora, de tarde coloco os meninos pra ver televisão e consigo passar, no máximo, umas duas horas escrevendo”, concluiu a autora. 

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.