Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
Vida

Músico e chef de cozinha, Henrique Fogaça estará neste sábado (7), em Manaus

Proprietário do restaurante Sal Gastronomia, em SP, e vocalista da banda de hardcore Oitão, estará na capital para o Menu Degustação do Pátio Gourmet  



1.gif Aos 40 anos, o chef soma diversos projetos que dialogam entre os dois ramos
05/02/2015 às 10:50

A música sempre esteve presente na vida de Henrique Fogaça, mas é a partir da harmonia entre os sons dos instrumentos musicais e os sons da cozinha que se forma a essencialidade do equilíbrio profissional e mental do chef de cozinha - proprietário do restaurante Sal Gastronomia, em São Paulo, e vocalista da banda de hardcore Oitão.

Ele, que há cerca de oito meses esteve em Manaus com a sua banda, retorna à capital e oferecerá uma degustação gratuita para os clientes do Pátio Gourmet e uma aula-show paga no mesmo local neste sábado (07). Enquanto a data não chega, o chef, que da Região Norte gosta do tucupi, cumaru e farinhas em geral, revela com exclusividade ao BEM VIVER como concilia a música e a culinária, dois de seus principais elos na vida.



Justiça

Fogaça também é conhecido por ter sido um dos três jurados a integrar o programa MasterChef, reality show culinário exibido pela Rede Bandeirantes. Mesmo com o corpo praticamente coberto de tatuagens e com a expressão aparentemente séria e sisuda, o ex-jurado é considerado por muitos internautas como aquele que detinha o maior equilíbrio nas críticas, em relação aos outros membros do júri.

Sobre a fama de “bad boy com um bom coração”, ele pondera que ser carrasco não é seu foco. “Não sou bonzinho demais, nem ruim demais: eu sou justo. Costumo ser apontado como uma pessoa que nutre essa imagem. No feedback que recebo do programa há pessoas que gostam da minha sinceridade, da minha preocupação. Era uma coisa que era passada para as pessoas”, declara.

O que virá

Na aula-show (com ingressos já esgotados) que irá ministrar em Manaus, ele irá servir de entrada uma mozzarella de búfala com pesto de rúcula e tomate assado; já no prato principal ele mostrará como se prepara um purê de batata com dois queijos, medalhão de mignon com trufa e cogumelos. De sobremesa, virá uma rabanada com creme inglês e compota de abacaxi. Mesmo sob a posição de “professor”, ele afirma que universo da gastronomia é extenso. “Como eu sempre digo aos meus cozinheiros: a gente aprende, aprende, e morre burro. Para mim, não existe o melhor cozinheiro. O bom cozinheiro é aquele que preserva o alimento, tem um bom tempero, que pesquisa ingredientes e técnicas, e que acima de tudo ama o que faz”, garante Henrique, alegando a adrenalina, o comprometimento, a dedicação e o amor pelo trabalho como os pontos em comum entre a música e a cozinha.

Cordial

Fogaça não tem contato com os ex-participantes do reality show de gastronomia. “Só tive com a Elisa, a campeã, porque gravamos uma matéria juntos recentemente. Ela está no foco da gastronomia, vai fazer um curso na França e se dedicar completamente. Com o resto do pessoal, não tenho mais contato. Vejo pelas redes sociais, mas também não sei o que cada um está fazendo da vida”, coloca.

Sobre desafios na gastronomia, o chef considera que o Brasil, propriamente, tem em cada Estado seus alimentos e reginalidades; peculiaridades na cozinha e nos ingredientes. “Somos um país muito rico. Inclusive na Amazônia há muitas coisas diferentes, inclusive frutas, farinhas, coisas nossas”, destaca. Ele cita ainda a China como o país com a culinária mais “sinistra”. “Por ser o país mais populoso, e lá eles têm uma variedade imensa de comidas: comem inseto, cachorros, ratos. Acho que lá seria um país bem desafiador (de cozinhar)”, assegura.

Projetos

No momento, Fogaça está prestando consultoria no ramo da culinária e abrindo um outro restaurante daqui a três meses. “O que quero é continuar trabalhando, me dedicando. Continuar no fogão, que é o que eu gosto. Criar novos pratos e fazer todos felizes”, acrescenta. Em relação à música, a Oitão está gravando um novo disco e tem um show previsto em Manaus no dia 23 de agosto, em local ainda não divulgado. “É a música, a família e a cozinha andando lado a lado”.

Serviço

O quê: Menu Degustação do Pátio Gourmet, com o chef Henrique Fogaça

Quando: Sábado (07), a partir das 12h

Onde: Pátio Gourmet (Entre a Avenida Djalma Batista e a Constantino Nery)

Quanto: Gratuito


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.