Sábado, 06 de Junho de 2020
Interação

Músicos da Orquestra de Belém trocam experiências com alunos do Claudio Santoro

Desde o último dia 16, os músicos paraenses então ministrando oficinas de violino, viola, contrabaixo e violoncelo para os alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro



JOE_0216.JPG Foto: Divulgação/Joel Arthus/Secom
19/11/2016 às 12:02

Em Manaus pela primeira vez para participar do Festival Música na Estrada, a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP), de Belém, se apresenta no palco do Teatro Amazonas neste domingo (20), porém a contribuição de seus artistas vai muito além do entretenimento. Desde o último dia 16, os músicos paraenses então ministrando oficinas de violino, viola, contrabaixo e violoncelo para os alunos do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro.

Para o primeiro violinista da OSTP, Marcos Guedes, foi uma surpresa encontrar estudantes com um nível tão avançado. "Nós chegamos aqui e encontramos alunos com uma base incrivelmente boa e com uma instrução acima da média. Até mesmo os mais jovens nos surpreenderam", afirmou o músico. 



Marcos, que se apresenta pela primeira vez na capital amazonense, disse que pela semelhança entre o Theatro da Paz e o Teatro Amazonas, a sua orquestra deve se sentir em casa durante o espetáculo. "Nós temos palcos maravilhosos e construídos no mesmo período. Por causa disso, acho que nosso ambiente será bem familiar", completou. 

Para os alunos, o contato com os músicos do Estado vizinho foi uma grande fonte de inspiração. "Eu pude aprender muita coisa diferente nesses dias em que esses músicos nos deram aula. Foi praticamente o meu primeiro contato com um artista que não é aqui do Amazonas. Gostei demais", disse Cauã Ribeiro, que dedicou dois de seus 10 anos a tocar viola no Liceu. 

A experiência foi igual para a pequena Alice Feitosa, 9, aluna de violino também do Liceu. "É meu sonho é poder me apresentar em grandes palcos em todo o país e até fora do Brasil. Com a ajuda dos meus professores e desses músicos posso me tornar uma grande artista", completou. 

Programação

A interação não para por aí. No dia 24 de novembro, o Theatro da Paz recebe no palco a Amazonas Filarmônica, sob a regência de Marcelo de Jesus, que já regeu a OSTP em outros concertos. Antes disso, entre os dias 21 e 23, os músicos da Amazonas Filarmônica Ihar Panchanka (viola), Edmilson Alves (oboé), Michel Arghirachis (fagote), Miroslava Krastanova (contrabaixo) e Assem Anguelov (trompa) ministram masterclass na Escola de Música da Universidade Federal do Pará. No dia 22, os bailarinos Adriana Góes e André Duarte, do Corpo de Dança do Amazonas, ministram oficina na sede da Cia. Moderno de Dança. 

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.