Publicidade
Entretenimento
FIM DE SEMANA

Músicos dedicam tributo a disco icônico de Caetano Veloso, neste sábado (17)

Releituras do álbum "Transa" (1972) serão apresentadas por time de artistas em show no Local Hostel, no Centro 16/12/2016 às 10:18 - Atualizado em 16/12/2016 às 10:30
Show b0316 20f
Daniela Blois é uma das vocalistas convidadas para o projeto
Rosiel Mendonça Manaus (AM)

Foi no início dos anos 1970, enquanto estava exilado em Londres com Gilberto Gil, que Caetano Veloso ouviu pela primeira vez o som do reggae jamaicano, na movimentada Portobello Road. A descoberta ajudou a aliviar um pouco da melancolia do cantor, forçado pela ditadura a viver longe do Brasil, e acabou inspirando a composição de “Nine out of ten”, uma das sete faixas do icônico disco “Transa”, lançado em 1972.

Considerado um dos melhores registros da música brasileira, o álbum agora ganha uma releitura ao vivo por um time de músicos da cena alternativa de Manaus. O especial “Transamazônica” acontece neste sábado (17), a partir das 17h, no Local Hostel (rua Dona Libânia, 215, Centro), com ingressos a R$ 15 (até 19h) e R$ 20 (após esse horário). 

Para o show, foi montada uma banda base com músicos da Boomerang Blues, Casa de Caba e Maracatu Pedra Encantada, que vão acompanhar os vocalistas convidados de várias outras bandas da cidade. “Estamos ensaiando há quase um mês. É um projeto feito com muito carinho por pessoas que curtem Caetano”, comenta o baixista Samir Torres.

Segundo ele, o tributo a “Transa” será um apanhado tanto dos elementos sonoros do disco original, quanto das execuções ao vivo pelo próprio Caetano – mas é claro que os músicos amazonenses também deram seu toque pessoal às faixas. “Não mexemos tanto nos arranjos, apenas no tom das músicas para adaptar a cada cantor. O principal da releitura é que vamos tomar como norte os improvisos da gravação de 1972”.

Reunião de talentos

Gravado em Londres, “Transa” foi produzido por Ralph Mace e contou com Jards Macalé na direção musical. Aureo de Souza, Tutty Moreno e Moacir Albuquerque completavam a banda que gravou o disco em sessões praticamente ao vivo, com direito a citações de outras pérolas do cancioneiro popular brasileiro por Caetano. Assim nascia um álbum de sofisticação única, devedora tanto da baianidade tropicalista quanto da influência de Beatles e Rolling Stones.

Para Ramon Oliveira, que cantará duas músicas no tributo de sábado, a experiência equivale à realização de um sonho. “Quem ouve ‘Transa’ se imagina tocando naquele ambiente de viagem que é o disco. Esse é um trabalho audacioso, porque o disco tem uma energia original, é bem difícil e orgânico, mas nos ensaios senti que a gente também está imprimindo as características regionais dos diversos artistas envolvidos nesse projeto”, declara.

Magaiver, vocalista da banda Casa de Caba, credita à produtora Anália Nogueira o start para o especial, um desejo antigo de vários dos convidados. “Queríamos fazer essa releitura, mas que não fosse de uma única banda, e sim como uma diversidade de cantores de revezando. Foi difícil começar porque é complicado conciliar a agenda de todo mundo, mas agora a coisa funcionou”, diz.

Ele acrescenta que, além das sete faixas do “Transa”, outras músicas de Caetano Veloso foram incluídas no repertório do show, previsto para começar às 20h e encerrar às 22h. Antes disso, a DJ Luana Aleixo comanda a discotecagem no Local Hostel. 

Sobre futuros desdobramentos dessa ideia, Magaiver adianta: “Tem um monte de fera que ainda pensamos em homenagear, como Itamar Assumpção, Tom Zé e Clube da Esquina. Quando chegar o tempo as coisas vão acontecer”.

Roteiro do Especial “Transamazônica”

1• You don’t know me - Ramon Oliveira (Boomerang Blues)
2• Nine out of ten - Olivia de Moraes (Anônimos Alhures)
3• Triste Bahia – Marcelo Nakamura (Banda Jiquitaia)
4• It’s a long way – Ramon Oliveira (Boomerang Blues)
5• Mora na filosofia - Milton (Banda Cabocrioulo)
6• Neolithic Man - Magaiver (Casa de Caba)
7• Nostalgia - Daniela Blois (Mutuca Manca) 

Banda base:

Bateria - Eron Oliveira (Boomerang Blues)
Guitarra - Jeorgio Claudino (Casa de Caba)
Baixo - Samir Torres (Casa de Caba)
Percussão - Erika Tahiane (Maracatu Pedra Encantada), Marcelo Rosa (Maracatu Pedra Encantada), André Guimarães e Paulo Pereira

Serviço

O quê: Especial “Transamazônica”
Quando: Sábado, dia 17, a partir das 17h
Onde: Local Hostel (rua Dona Libânia, 215, Centro)
Quanto: R$ 15 (até 19h) e R$ 20 (após 19h)

Publicidade
Publicidade