Domingo, 25 de Agosto de 2019
Buzz

Na véspera da eleição, relembre os votos dos famosos

Eles não são apenas referências em moda e comportamento; neste 5 de outubro, as celebridades também procuram inspirar a decisão de milhares de eleitores em todo o país; relembre agora apoios e polêmicas



1.png Mark Ruffalo era ‘team Marina’, mas retirou o apoio por discordar da atitude da candidata em relação ao casamento gay
04/10/2014 às 16:51

Ao que parece, as celebridades não ligam muito para essa história de sigilo do voto.

Nas últimas semanas, dezenas de famosos brasileiros andaram divulgando suas preferências eleitorais na web e em redes sociais, buscando inspirar a decisão dos fãs neste dia 5 de outubro.

O ator pernambucano Marco Nanini, por exemplo, vota em Marina Silva. “É uma mulher que inspira muita confiança”, afirmou em depoimento gravado para a candidata do PSB.

Já a funkeira Valesca Popozuda, militante de longa data dos direitos da população LGBT, declarou apoio a Luciana Genro (PSOL). No último domingo (28), após o debate da Rede Record, ela escreveu um artigo no jornal carioca “Extra” atacando a postura homofóbica de Levy Fidelix (PRTB). “Uma vez, me perguntaram: ‘Valesca, e se seu filho fosse gay?’. Eu, hoje, digo que daria graças a Deus por ele ser gay e não ser um ser humano como esse senhor Levy Fidelix”, declarou. “Aí, sim, seria um desgosto pra qualquer mãe ter um filho como esse homem”.

 
Valesca Popozuda vota em Luciana Genro (PSOL) (Reprodução/Internet)

Medalhões da MPB, que sempre tomaram parte nos debates políticos brasileiros, não fugiram à regra neste ano. O cantor Chico Buarque, simpatizante histórico do PT, assinou um manifesto a favor da reeleição de Dilma Rousseff. Já Caetano Veloso e Gilberto Gil se encantaram com Marina Silva a ponto de Gil compor um jingle para a campanha da ambientalista.

Aécio Neves (PSDB) foi a escolha do apresentador Luciano Huck, do jogador Ronaldo e dos cantores (e pai e filha) Zezé di Camargo e Wanessa, que inclusive participaram da propaganda do tucano.

 
Ronaldo é apoiador de Aécio Neves (PSDB) (Reprodução/Internet)

Dos candidatos ditos “nanicos”, por representarem partidos com menor expressão entre o eleitorado, Luciana Genro é a favorita da classe artística. O comediante Gregório Duvivier, o cartunista Laerte, a cantora Marina Lima e o compositor Marcelo Yuka “fecham” com a combativa líder do PSOL.

Já entre os majoritários, Dilma também pode elencar as sambistas Beth Carvalho e Alcione, os atores Henri Castelli, Antonio Pitanga e Zezé Motta, o cartunista Ziraldo, o roqueiro Serguei e o maestro John Neschling. Aécio, por sua vez, tem em seu time o técnico de vôlei Bernardinho, o cantor Fagner, a dupla Chitãozinho e Xororó, o humorista Marcelo Madureira e os atores Jackson Antunes e Alexandre Frota.

 
Alcione ‘fecha’ com Dilma Rousseff (Reprodução/Internet)

Por fim, Marina Silva parece ser a grande aposta de artistas e intelectuais brasileiros. A pessebista tem os votos garantidos de Leandra Leal (atriz), Jorge Aragão (cantor), Moraes Moreira (cantor), Marcos Palmeira (ator), Arthur Moreira Lima (pianista), Caio Castro (ator), Dinho Ouro Preto (cantor), Lenine (cantor), Adriana Calcanhotto (cantora), Bob Wolfenson (fotógrafo), Arnaldo Antunes (cantor) e – até a semana passada, quando mudou de ideia –, Mark Ruffalo (ator americano).

Eduardo Jorge (PV) tem o apoio solitário da atriz e apresentadora Luiza Micheletti. Levy Fidelix, o último colocado entre os nomes mais conhecidos do grande público, não pontuou com os famosos.

 
Marina Silva teve jingle composto por Gilberto Gil (na foto) e é a ‘queridinha’ dos famosos (Reprodução/Internet)

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.