Publicidade
Entretenimento
HOUSE OF CARDS

Netflix demite Kevin Spacey após acusações de assédio sexual

Ator não aparecerá mais em nenhuma produção com a Netflix, segundo informou o serviço de streaming 04/11/2017 às 11:09
Show kevin spacey
Kevin foi acusado de assédio por jovens rapazes que trabalharam com ele. Foto: Reprodução Internet
acritica.com Hollywood (CA)

A Netflix anunciou, nessa sexta-feira (3), que Kevin Spacey está demitido. Após uma semana em que Kevin foi acusado de assédio sexual por jovens ligados  a ele por conta do trabalho na série House Of Cards, o serviço de streaming decidiu que o ator não aparecerá mais no seriado. O futuro da série ainda não foi definido, mas a 6ª temporada estava sendo gravada. 

Ontem mesmo, o serviço de streaming já havi retirado a imagem de Kevin da página principal e substitúido por Robin Wright que interpreta Claire Underwood no seriado. Em nota, a Netflix disse continuará trabalhando com produtora MCR durante esse tempo para definir as próximas decisões em relação à série. 

"A Netflix não se envolverá mais em nenhuma produção de House of Cards que inclua Kevin Spacey. Vamos continuar trabalhando com a (produtora) MRC durante o hiato para avaliar nossos próximos passos com relação à série. Também decidimos que não seguiremos com o lançamento de ‘Gore’, que estava em pós-produção e era estrelado e produzido por Kevin Spacey“, diz a nota divulgada pelo serviço de streaming. 

Na internet, a grande especulação é de que Frank Underwood, personsagem de Kevin, será morto para que Claire siga como a única protagonista. No final da quinta temporada, Claire foi colocada como a futura protagonista do seriado ao chegar à presidência e assumir o lugar de Frank.  Nesse caso, a demissão de Kevin culmina com a expectativa de um novo e maior espaço para Robin na série. 

Kevin voltou ao centro das atenções de Hollywood após o sucesso como Frank Underwood. Em 2015, ele foi o vencedor do Globo de Ouro como melhor ator em série de drama.

Casos de assédio

Tudo começou quando Anthony Rapp, que atualmente participa da série Star Trek: Discovery, revelou ao site Buzzfeed ter sido assediado por Kevin Spacey, em uma festa ocorrida em 1986. Rapp, então com 14 anos, e Spacey, com 26, se conheceram quando trabalhavam em peças na Broadway. O assédio teria ocorrido em uma festa na casa de Spacey. Em suas redes sociais, o ator pediu desculpas e disse que "hoje vive como um homem gay".

Oito pessoas envolvidas com House of Cards acusaram Kevin de assédio sexual, segundo a CNN. Em nota, os funcionários afirmaram, em anonimato, que o ator tinha um comportamento “predatório”, incluindo comentários rudes e toques sem consentimento - geralmente dirigidos a homens jovens da equipe.

Um ex-assistente de produção ainda relatou que o artista colocou a mão dele dentro de sua calça, sem consentimento. Quando reclamou, Kevin teria ficado "visivelmente irritado". O funcionário chegou a se queixar com seu supervisor, que manteve os dois separados, em uma tentativa de solucionar a situação.

 

Publicidade
Publicidade