Publicidade
Entretenimento
Enogastronomia

No Instagram, casal dá dicas de como harmonizar vinhos e pratos diversos

A empresária Sandra Santos e o publicitário Edson Costa são casados há mais de 30 anos 30/10/2016 às 05:00
Show cassal
Unindo as paixões por vinho e culinária, eles criaram o "Chez Berçário" (Foto: Euzivaldo Queiroz)
Laynna Feitoza Manaus (AM)

As viagens em família do casal Sandra Santos e Edson Costa quase sempre envolviam visitas às vinícolas: na década de 80, a bebida passou a se tornar presente na vida de ambos. “Eu gosto de vinho há muito tempo e ela desenvolveu a habilidade culinária. Decidimos então fazer pratos e harmonizar esses dois elementos”, pontua ele.

Sob a proposta de harmonizar comidas e vinhos e adotar a prática como um estilo de vida, o publicitário e a empresária criaram o Instagram Chez Berçário (@chezbercario), onde os pratos que fazem sempre acompanham um vinho, junto com a história do prato e da bebida. “O nome ‘Chez Berçário’ foi dado pela minha filha, Ana Eliza. Porque sempre que a gente sentava para comer, ela dizia que o prato e o vinho tinham nascido um para o outro, daí o termo ‘berçário’. E o termo francês ‘chez’, (em português ‘em’), denota intimidade”, declara Edson.

Proposta

O Chez Berçário não é aberto ao público. Intimista, só recebe os amigos do casal de vez em quando, para apreciar uma boa comida e um bom vinho. “Tenho uma lista de cerca de 200 pessoas no WhatsApp para onde mando as fotos e escrevo um pouco sobre a origem dos pratos e do vinho”, coloca ele, explicando como fazem para harmonizar as comidas e a bebida.

“A harmonização vem a partir do prato ou vinho. Se você vai no restaurante a fim de tomar vinho tinto, isso já é limitador do prato que virá. O vinho sempre vai atrás do prato. Vinho tinto não vai bem com filé de peixe, por exemplo. E depende também do molho. Se fazemos um macarrão ao molho branco, colocamos um vinho branco. Se fazemos à bolonhesa, não usamos mais o vinho branco, e sim o tinto”, coloca Costa.

O vinho, de acordo com Edson, deve ter a função de neutralizar ou acentuar alguns sabores do prato. “Se usamos um molho gorgonzola, usamos um vinho adocicado para contrapor o azedinho do queijo azul. Aí você está harmonizando pelo contraste. Carne de porco eu sempre como com vinho branco, porque é considerada uma carne branca, e não vermelha. Já se você fizer a carne de porco com um molho barbecue, ela já pede um vinho tinto suave, por conta da acidez”, indica ele.

Versão fit

Inspirada nos pais, a filha do casal, Ana Eliza Costa, abriu recentemente o Berçário Fit (@bercariofit), que produz comidas saudáveis e congeladas, ideais para esquentar e comer quando o dia estiver corrido. No Instagram da empresa, há inúmeras fotos dos pratos que a unidade prepara, que vão desde frango ao curry com arroz integral, macarrão à bolonhesa até sopa de grão-de-bico.

Saiba mais

Edson faz parte do Clube dos Discófilos Fanáticos (CDF), um grupo de amigos que discute sobre música e afins. Como parte das atividades do grupo, ele escreveu o livro “A Música e o Vinho”. Na obra, ele faz uma comparação com grandes artistas musicais e a história de algumas uvas.

 

Publicidade
Publicidade