Publicidade
Entretenimento
Vida

Novas emoções com mais uma edição do reality show ‘Peladão a Bordo’, na TV A CRÍTICA

As candidatas rumo ao reality só vão saber - assim como você, telespectador – quem vai entrar no barco no dia da estreia 15/11/2015 às 11:30
Show 1
Cantora Wanessa Camargo pulou de alegria em show durante uma das fases
Laynna Feitoza Manaus, AM

Ao todo, 509 candidatas se inscreveram para participar desse sonho. Sonho já incluso no calendário anual de preparação de cada uma das meninas. O retorno de muitas delas, mesmo de quem se inscreveu ou participou das edições passadas, só confirma o sucesso do “Peladão a Bordo”. Das 509, foram escolhidas 22 moças, que batalharam por um longo período para estar entre as 12 meninas do barco. A identidade de quem vai entrar você só vai conhecer na estreia da 4ª edição do programa, que acontece nesta terça (17), às 19h30, logo após o A Crítica na TV.

As candidatas rumo ao reality só vão saber - assim como você, telespectador – quem vai entrar no barco no dia da estreia. De acordo como um dos diretores do programa, João Artur Vieira, o anúncio dos nomes das escolhidas já foi gravado pelos jurados, e está esperando só a hora de ir ao ar. Os vídeos foram gravados por ninguém menos do que a dançarina Sheila Mello e a cantora Wanessa Camargo – algumas das célebres juradas desta edição.

O primeiro programa vai exibir tudo o que aconteceu nas preliminares da seletiva, conforme João Artur. “Vamos exibir desde a apresentação das inscritas, no Parque Rio Negro, onde aconteceu a homologação dos times. As meninas estiveram lá para confirmar a participação. Alguns jurados locais foram de surpresa e selecionaram uma, que já foi direto para o barco do Peladão”, lembra o diretor.

Continuação

Outra etapa a ser mostrada no primeiro episódio é que, das 509, 100 meninas foram escolhidas e foram para mais uma preliminar, que aconteceu na Casa das Artes. Lá, as concorrentes puderam conhecer Sheila e Wanessa. “Escolhemos a Sheila porque ela tem propriedade para falar sobre forma física, e também sobre confinamento, visto que ela participou de ‘A Fazenda’. Ela tem toda essa visão estratégica de perceber que tipo de personalidade vai chamar mais atenção”, destaca Vieira.

Além delas, jurados locais como a blogger Carol Heinrichs, o médico Euler Ribeiro Filho e o hair stylist Emerson Pinto também marcaram presença. Tanto Sheila quanto Wanessa ficaram comovidas com a beleza e história de vida das candidatas. “A fase na Casa das Artes foi justamente para cada um conhecer as histórias das meninas e quais eram seus sonhos”, conta João Artur. De lá, foram selecionadas 36 garotas.

As 36 foram enviadas para uma outra fase, que aconteceu numa praia secreta da Ponta Negra. Lá, as meninas puderam visualizar o barco ao fundo e puderam curtir um show particular da cantora Wanessa Camargo, que estava empolgadíssima em estar ali e cantou sucessos como “Shine It On”. “É tanta mulher bonita, fiquei surpresa com o nível da beleza das candidatas. É uma diversidade incrível”, revelou ela, em entrevista concedida a A CRÍTICA em outubro. A animação da cantora era tanta que ela se pôs a dançar na areia com as meninas. Dessas 36, 22 meninas foram escolhidas e apenas no dia 17 elas vão saber quais são as 12 “a bordo” do barco mais badalado do Amazonas.

Estrutura e investimento

Ao todo, será cerca de um mês de confinamento, onde as 12 candidatas, a bordo do barco “Victory of God” vão ficar completamente isoladas do mundo lá fora. O número de câmeras aumentou: ao todo, serão 25 delas espalhadas pelo barco para flagrar cada detalhe. Apenas o banheiro não possui câmeras, mas todo o diálogo que acontecer dentro do cômodo poderá ser ouvido pela produção e telespectadores.

A decoração do barco vai exalar diversos ambientes em um só, conforme aponta Paula Vieira, diretora de marketing da RCC. “O quarto da rainha será mais provençal e clássico. A cozinha tem cores vibrantes, como verde e vermelho. A sala, que é o lugar onde elas passam mais tempo, vai reunir ares mais tropicais-amazônicos, ressaltando os rios e a floresta”, revela.

Para o diretor-presidente do Sistema de Rádio e TV da RCC, Dissica Calderaro, os investimentos na estrutura só aumentaram. “É um trabalho contínuo e de muito aprendizado. Fizemos investimento para reduzir o ruído de itens como o gerador e do próprio rio. Não vai ser um tratamento de estúdio, até porque se trata de um barco em pleno rio, mas a qualidade é cada vez maior. É um programa que já gera interesse em emissoras de fora”, acrescenta ele.

Confidências

Em mais um ano apresentando o “Peladão a Bordo”, a jornalista Nath Nascimento (centro) diz que também se sente “confinada” com as moças. “Elas estão lá e nós estamos aqui, por trás dos bastidores e das mídias em prol”, conta ela, que se emociona. “Chego a chorar com as meninas”.

Serviço

o quê: Estreia do “Peladão a Bordo”

quando: Terça (17), às 19h30, após o ACTV

onde: TV A CRÍTICA



Publicidade
Publicidade