Publicidade
Entretenimento
Vida

Novela ‘Os dez mandamentos’ faz sucesso em Manaus

Manaus é a capital onde a novela registra seu maior crescimento em audiência, passando de 1,5% até uma média atual entre 6% e 7%, chegando a picos de 9% e 11% 06/06/2015 às 11:33
Show 1
Mary Brown vê a novela com os filhos: para empresária, trama bíblica também é educativa
Jony Clay Borges Manaus (AM)

Fã de novelas desde que “se entende por gente”, a assessora jurídica Ana Clara Cavalcante não titubeia ao apontar a sua trama preferida na TV na atualidade. “Assisto um pouco a todas as novelas, mas considero ‘Os dez mandamentos’ a melhor que está passando, e é a que vejo mais regularmente”, diz ela. A empresária Mary Brown, por sua vez, até já havia perdido o costume de ver novelas quando resolveu dar uma chance à trama da Record. “Para minha surpresa é muito boa, informativa. Tem caráter religioso e educativo, está sendo algo bom para a TV brasileira”, opina.

Ana Clara e Mary estão entre os espectadores que vêm ajudando a fazer de “Os dez mandamentos” um fenômeno de audiência no cenário nacional. Isso porque Manaus é a capital onde a novela registra seu maior crescimento em audiência, passando de 1,5%, no início da trama, até uma média atual entre 6% e 7%, chegando a marcar índices de 9% e picos de 11%.

Produção rica

Entre as razões que estão levando o público a ligar a televisão ou sintonizar na TV A Crítica/Record no horário das 19h20, quando “Os dez mandamentos” é exibida, está a qualidade da novela da emissora. Mary destaca a produção visual e artística da atração, ambientada no Egito da época dos faraós. “Já fui ao Egito muitas vezes, e acho interessante o design, as roupas e o cenário colorido na novela. Quem já esteve lá consegue visualizar bem como era”, comenta ela, elogiando também o elenco: “Estão de parabéns”.

Ana Clara, que acompanha pela primeira vez uma novela da Record, ressalta a qualidade da adaptação da história bíblica. “A versão da novela é mais romanceada, e as histórias são bem caprichadas, cativantes”, declara a assessora, assinalando ainda a suntuosidade de cenários e figurinos. “Tudo é lindo”, diz.

Trama familiar

Outro fator determinante para o sucesso de “Os dez mandamentos” em Manaus é o caráter familiar da trama, em comparação com atrações de outras emissoras. Na opinião de Ana Clara, a qualidade das tramas vem decaindo, tornando as novelas “chatas e antipáticas”. “Em busca da inovação constante, os autores acabam trazendo temas a que a gente não quer assistir. Não quero ver violência, drogas, homossexualismo, que eles colocam de forma tão explícita”, afirma ela, que costuma ver televisão ao lado da filha, Laura, de 3 anos, e às vezes do namorado. “Pode trazer coisas da realidade, mas não pode ser insuportável a ponto de não podermos mais assistir”, aponta.

Mary, que perdera o costume de ver novelas após morar mais de 20 anos nos Estados Unidos, recorda os motivos que a mantiveram longe dos folhetins. “Tenho percebido que o conteúdo deixa muito a desejar em relação aos conceitos de família, sociedade. Ele retrata algo muito ‘pesado’ de nossa cultura. Isso me desgostou muito”, declara ela, que assiste à TV ao lado dos três filhos, duas adolescentes e um menino. Para eles, a novela da Record também é exceção.

“É um dos programas a que minha família inteira assiste. Não temos cultura de novela”, diz a empresária, que não pensa em deixar a novela de lado: “Não sei como será o final, mas até agora está muito interessante”.

Perfil mais conservador

A boa recepção da novela “Os dez mandamentos” em Manaus reflete o caráter mais conservador do público local. Esse traço da audiência foi detectado numa pesquisa qualitativa realizada pela TV A Crítica/Record em abril de 2014, reunindo 113 entrevistados de 12 a 60 anos, e publicada em junho passado. “São espectadores tradicionais, que gostam de ter programas a que possam assistir com a família inteira”, resume Carla Pollake, gerente de Integração de Afiliadas da TV Record, que presta suporte ao Departamento de Pesquisa e Conteúdo da TV A Crítica/Record.

A pesquisa apontou ainda a rejeição do telespectador local a certos temas. “Entrevistados diziam que a Globo pesava em temas como a violência, a homossexualidade, a desvirtuação dos valores da família. Nossa pesquisa apontou na verdade dois calcanhares: o excesso de vanguardismo, com temas tabu nas novelas, e o jornalismo, que apresentou nível de credibilidade baixo”, comenta Carla.

Tais dados conduziram a estratégia de reposicionamento na grade local de “Os dez mandamentos”, que passou a ser exibida após o noticiário, atração de peso da TV A Crítica. A mudança ajudou a alavancar a audiência das duas atrações.

Números

A audiência de “Os dez mandaentos” em Manaus chegou a marcar 9,2%, com share (participação) de 16,8%, no último dia 27. No mesmo dia, houve pico de audiência de 11,1%. Cada ponto representa 5 mil lares.

Publicidade
Publicidade