Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Vida

Novo tratamento contra a rosácea está chegando em Manaus

Doença cutânea, comum em regiões mais quentes como Manaus, pode ser controlada com gel Mirvaso, que chega ao Brasil este mês


06/04/2015 às 10:17

O calor de Manaus pode ser impiedoso com todos os tipos e tons de pele, sendo as mais claras as primeiras a estampar quando algo está errado. Sob o sol, a vermelhidão facial logo vem, mas se esta demorar para desaparecer ou constantemente voltar, esse pode ser o sinal do primeiro estágio de uma doença cutânea bem comum em nossa região: a rosácea. Se não tratada, pode evoluir para fases mais complicadas, com lesões parecidas com espinhas.

Em geral, é nesse ponto em que o paciente busca a ajuda dermatológica. Isso porque a presença de algo semelhante à acne pode ser estranha principalmente para o público com mais de 30 anos, o mais atingido pela rosácea. Não se trata disso, no entanto. São lesões avermelhadas e elevadas derivadas da própria doença, apelidadas de “acne rosácea”. Diante desse estágio, o dermatologista conta com uma ampla gama de medicamentos para contornar o problema, que vem acompanhado também da sensação de ardor.

“Há anti-inflamatórios, calmantes. O próprio protetor solar faz parte do tratamento porque o sol pode desencadear ou piorar o quadro”, explica a dermatologista Valeska Francesconi. Até pouco, porém, não havia remédio voltado para o primeiro estágio do problema - as pessoas apenas tinham de conviver com o eritema, que é a coloração avermelhada da pele ocasionada pela dilatação dos vasos. Isso pode ser bastante desconfortável, como mesmo frisa Dra. Valeska.

“Quem tem esse problema se incomoda. E quando você fica nervoso ou tenso, todos percebem”, conta, frisando que esse é um estágio anterior à rosácea. Portanto, pode evoluir, agravando-se com surtos de duração variável, ou aparecer reiteradamente por conta da ação de fatores como a exposição ao sol, banhos quentes, consumo de bebidas alcóolicas, alimentos quentes e/ou pimentosos e estresse. Mas, pode ser que o eritema permaneça como tal.

Adeus, vermelhidão

A boa notícia é que agora essa vermelhidão inconveniente pode ser controlada por meio de medicamento. Chega ao Brasil este mês o Mirvaso, gel cuja composição leva Brimonidina e é eficiente no combate ao eritema. Dra. Valeska e Dr. Fábio Francesconi irão até São Paulo no próximo dia 7, que é quando ocorre o pré-lançamento do Mirvaso, a fim de representar o Amazonas na ocasião.

“Vai ser um ganho muito grande para nós, porque a rosácea é comum na nossa região por conta do calor”, opina a médica, citando que não são poucos os casos como este atendidos em sua clínica.

Dr. Fábio Francesconi alerta que não somente as pessoas de pele clara devem ficar de olho nos sintomas da rosácea. A doença cutânea pode aparecer também em peles de tonalidades mais escuras, e nesse caso, é preciso diligência ainda maior, pois a falta de vermelhidão pode mascarar o problema.

De simples aplicação, o Mirvaso começa a agir em trinta minutos e cessa o eritema facial por até 12 horas. A venda será feita sob prescrição médica.

Segundo o Dr. Francesconi, esta é a primeira vez que a substância Brimonidina vem para o Brasil na forma de gel. Por isso, os médicos estão animados com a novidade.

“Diversas pessoas têm rosácea e nem sabem disso. É importante dizer que rosácea é um problema crônico. Mesmo que a pessoa não se incomode, ao longo do tempo, vai deixando a pele mais grossa, com um aspecto menos delicado. Ter essa opção de tratamento é ótimo”, frisa o dermatologista. E caso se encaixe em algum dos sintomas da rosácea, ele recomenda procurar um médico especialista sócio da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

publicidade
publicidade
Autoexame da mama não substitui exame clínico, diz Ministério da Saúde
Confira a lista dos 774 convocados no concurso da Susam de 2014
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.