Publicidade
Entretenimento
Vida

Novos ares: conheça seis modelos que trocaram a luz das passarelas pelos holofotes da televisão

O A CRÍTICA lista modelos brasileiras e internacionais que já figuraram em passarelas mundo afora e se tornaram influentes comunicadoras 28/10/2015 às 08:31
Show 1
Gianne Albertoni estreou no "The Fabulist Brasil" este mês
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Tanto o Brasil quanto o exterior está bem servido de belas e inteligentes mulheres diante das câmeras, garantindo ao público os mais variados tipos de informação.

O que pouca gente nota é que alguns rostos conhecidos da comunicação hoje já foram banhadas pelas luzes dos holofotes das passarelas em algum momento prévio da carreira. 

Uma das mais recentes é a modelo Gianne Albertoni, que na última semana estreou como apresentadora no “The Fabulist Brasil”, atração que fala de lifestyle no E!.

Para rememorar outros nomes, o A CRÍTICA lista mais cinco modelos brasileiras e internacionais a se tornarem influentes comunicadoras do ramo de entretenimento. 


Xuxa

Por muito tempo ela ostentou o título “Rainha dos Baixinhos”. Mas a loira é um exemplo clássico de alguém que começou a carreira sob a energia dos desfiles de moda.

Nascida em Santa Rosa (RS), ela estampou capas de revistas como a “Carinho” aos 16 anos, seguida de mais de 80 revistas. Tanta exposição a fez ser contratada pela Ford Models americana, em 1984.

Em 1986, a loira iniciou na Rede Globo com o programa “Xou da Xuxa”, dos quais vieram também programas como “Xuxa Park” e “Planeta Xuxa”, na mesma emissora.

A mudança da Globo para a Record foi um dos assuntos mais comentados na bancada televisiva do País, e hoje ela apresenta o “Xuxa Meneghel” às segundas, na emissora paulista.


Fernanda Lima

Alguém lembra do programa “Mochilão MTV”, da MTV Brasil? Foi lá que a gaúcha fez sua estreia nas telas, em 1999. Antes disso, a gaúcha chegou a morar no Japão e na Itália por conta de sua carreira na moda, alavancada aos 14 anos por um fotógrafo. Lima participou de diversos editoriais de moda de publicações como Elle, Nova, Trip e Marie Claire.

Fernanda também já apresentou o programa “Interligado”, da RedeTV!, e entrou na Rede Globo em 2005, para substituir temporariamente a apresentadora Angélica no quadro “Video Game”, do programa Vídeo Show.

Em 2009 ela ganhou um programa solo chamado “Amor & Sexo”, que fala da intimidade do casal. Ano passado Lima assumiu os microfones do “SuperStar”, reality que descobre novos talentos na música. 


Ana Hickmann

Em Paris, por volta de 1998, a loira começou a desfilar para marcas como Lolita Lempika, YSL, Kenzo, além de renomados como Giorgio Armani e Roberto Cavalli. Ela também já fez campanhas para as marcas L'Oréal e Schwarzkopf. Em 2002, Ana assinou um contrato com a Victoria’s Secret, além de ter sido eleita pela revista GQ Itália como uma das mulheres mais belas do mundo. 

Na TV, o que era apenas um início sutil em uma coluna de moda no programa “Tudo a Ver”, da Record, se transformou no que a levou para o programa “Hoje em Dia”, onde apresentou ao lado de Eduardo Guedes e Britto Jr.

Após ter rumado ao programa “Tudo é Possível” para substituir Eliana, a loira retornou ao “Hoje em Dia” com sua reformulação em 2015, e que traz César Filho, Renata Alves, Dalton Rangel e ela no comando da atração.


Tyra Banks

A top model californiana chegou a ser Miss Estados Unidos em 1995. Antes disso, ela começou sua carreira na França, chamando a atenção de muitos estilistas por conta de seu olhar cor-de-caramelo e de sua postura. Mesmo em início de carreira, o interesse do mercado da moda por Tyra fez com que ela fosse cotada para participar de 25 desfiles. 

Banks também revolucionou o cenário da moda para as mulheres negras, sendo a primeira afro-americana a estampar capas das revistas Sports Illustrated Swimsuit Issue e GQ, e a primeira modelo afro-americana a ser uma “angel” da grife “Victoria’s Secret”.

Revistas de alta moda como Vogue, Elle e Cosmopolitan já tiveram Tyra em suas páginas principais. Ela criou e apresenta o reality “America’s Next Top Model” - para descobrir novas modelos – e o talk show “The Tyra Show”.


Didi Wagner

Ela quis ser modelo aos 15 anos de idade. Tempos depois, o desejo a fez integrar o casting da Ford Models, mas ela continuou estudando Publicidade e Propaganda mesmo assim. Em 1999, assinou um contrato com a MTV Brasil, o que lhe rendeu o posto de apresentadora do programa de videoclipes “Supernova”, junto ao Marcos Mion. Além deste programa, Didi apresentou o “Videoclash” e o “Balela MTV”, dividindo o comando da atração com Marina Person. 

A estreia no canal Multishow, lá pelo ano de 2016, trouxe bons frutos. A simpatia da moça a fez estrelar o programa “Lugar In (Comum)”, em Nova York. Somente pela atração, Wagner visitou Barcelona, Tóquio, Roma e Istambul, entre outros lugares, o que lhe possibilitou obter um fluxo de informações de vários lugares. O que tem um sabor especial para ela, visto que Didi já afirmou gostar de comunicar e de ouvir o que as pessoas têm a dizer.

Publicidade
Publicidade