Publicidade
Entretenimento
Vida

Novos itens do Boi Garantido falam sobre os planos do Festival de Parintins de 2015

A nova Porta-Estandarte, Daniela Tapajós, e a nova Rainha do Folclore, Isabella Nogueira, prometem representar com garra o boi vermelho e branco na arena 14/11/2014 às 14:20
Show 1
Isabella Nogueira (à esquerda) tem 21 anos e Daniela Tapajós tem 19 anos
ARTUR CESAR Manaus (AM)

O sorriso fácil no rosto de Daniela Tapajós e Isabelle Nogueira tem razão de ser. Elas conquistaram o posto de itens oficiais do Boi do Garantido, um sonho de centenas de meninas da Ilha Tupinambarana. No caso das duas, esse sonho extrapolou as fronteiras de Parintins. Enquanto Daniela, a nova Porta-Estandarte, é de Santarém (PA), Isabelle, a nova Rainha do Folclore, é de Manaus. Elas venceram concurso realizado no início do mês e prometem representar com garra seu boi do coração na arena do Bumbódromo, a partir do ano que vem.

O concurso em que ambas saíram consagradas, contou com um corpo de jurados composto por 35 nomes, sendo 80% deles parintinenses, muitos, inclusive, ex-itens oficiais consagrados do Boi da Baixa do São José e também membros da atual diretoria.

Em visita de cortesia à sede da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), elas falaram um pouco sobre essa paixão e como irão se preparar para o Festival Folclórico de 2015. O primeiro passo de Daniela dentro dessa nova realidade será a mudança para Parintins. Ela vai trocar Santarém e passará a morar com a “família de coração” na Ilha, onde passará a ser monitora de dança na Universidade Folclórica Paulinho Faria.

Aliás, desde que foi anunciada como nova Porta-Estandarte, a paraense tem demonstrado bastante segurança quando questionada sobre sua origem, alvo de alguns protestos. “O importante é que sou torcedora encarnada. Não sou a Daniela de Santarém, sou a Daniela da Cidade Garantido”, destaca a dançarina. Ela substituirá Verena Ferreira, que assumiu o posto de Cunhã-Poranga após a saída de Tatiane Barros. Uma senhora responsabilidade, que ela promete tirar de letra.

Ela conta orgulhosa que dança desde os 4 anos e que já tem saído vencedora da arena. No festival desse ano, por exemplo, ela fazia parte do grupo que tirou notas máximas nas apresentações da Lenda Amazônica e da Figura Típica Regional. Além disso, nos últimos anos, ela fez parte do bailado corrido que acompanha a Sinhazinha da Fazenda, Ana Luísa Faria. “A torcida pode ter certeza que o item número 5 vai interagir bastante com a Nação Vermelha e o Bumbá durante o festival. Vou me dedicar muito, inclusive na questão da preparação psicológica para a minha estreia”.

Apoios de peso

As duas têm recebido um importante apoio dentro da associação folclórica. “A Patrícia (de Goés) tem sido muito receptiva comigo desde o início, por exemplo. Disse que eu posso contar com ela sempre”, destaca Isabelle Nogueira, que a partir do ano que vem substitui Patrícia no posto de Rainha do Folclore.

Professora de Espanhol com licenciatura em Letras, Isabelle está concluindo uma pós-graduação em Gestão Escolar. Apesar de morar em Manaus, ela tem familiares em Parintins. “Os torcedores podem esperar muito empenho da minha parte, comprometimento, dedicação e responsabilidade. Vou ser 100% Garantido”, promete a nova integrante do Bumbá, que participou de concursos anteriores para Porta-Estandarte (2013) e Cunhã-Poranga (2011) do Boi.

Dentro da preparação dos novos itens para a apresentação na arena estão incluídos muitos exercícios físicos e uma dieta balanceada. Ambas dizem que não tomam refrigerante há anos. “Eu só danço (risos), mas vou procurar me alimentar direito”, brinca Daniela.

Publicidade
Publicidade