Publicidade
Entretenimento
KIDS

Novos modelos de fraldas respeitam o bolso e o meio ambiente

Coloridos e reguláveis, os modelos modernos são feitos de materiais orgânicos e têm um diferencial importante para quem mora em locais de clima quente: não causam assaduras 17/07/2016 às 17:14
Show 1107794
De acordo com a pediatra e neonatologista Adeliane Bianchini Angeli, o benefício das fraldas de pano modernas para a saúde do bebê é a diminuição do risco de problemas na pele. (Fotos: Arquivo pessoal e divulgação)
Natália Caplan Manaus (AM)

Com a sociedade sempre em busca de praticidade, falar em fraldas de pano parece ser um retrocesso para muitas pessoas. Entretanto, esse item ganhou cara nova e está conquistando espaço não apenas no exterior, mas no Brasil. Coloridos e reguláveis, os modelos modernos são feitos de materiais orgânicos e têm um diferencial importante para quem mora em locais de clima quente: não causam assaduras.

“Elas são mais confortáveis, porque são feitas com material natural: os forros são de microfibra, o absorvente é de carvão de bambu e as capas podem ser de algodão ou sintéticas com revestimento de microfibra. Elas absorvem o xixi, mas não sugam a umidade natural da pele. Mas a descartável tem substâncias químicas que absorvem tudo, inclusive, essa proteção natural da pele do bebê”, diz a mãe de Júlia, Andrimarciely Silva de Souza, 33.

Segundo ela, desde que a filha nasceu, há onze meses, ela só precisou usar uma bisnaga de pomada anti-assadura de 113g. Isso porque a menina utiliza as peças descartáveis apenas quando sai nos passeios em família. Além disso, quem usa o produto constantemente gasta em média de 150 a 180 fraldas por mês — com cinco trocas por dia. Por conta das fraldas de pano, a mãe de Júlia gasta apenas um pacote de 20 unidades por mês.

“A fralda descartável demora 500 anos para se decompor. Além da questão ecológica, tem a economia. Compramos 28 fraldas de pano e, nos quatro primeiros meses de uso, tivemos retorno do investimento. Já estamos no ‘lucro’”, afirma a dona de casa aos risos. “Troco, em média, oito fraldas por dia e lavo uma fralda a cada dois dias. Nunca será tão cômodo, mas optamos por conta dos benefícios ecológicos e do nosso bolso”, completa.

Fraldas de ‘herança’

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mãe de Rebeca, que completará três anos, e de Anastácia, de apenas dois meses, a gaúcha Laura Frydrych, 27, não abre mão de optar pelas fraldas de pano no clima tropical amazonense. Ainda quando planejava um segundo filho, a professora universitária guardou as 22 peças usadas pela primogênita até o desfralde. Hoje, a recém-nascida aproveita a “herança” da irmã mais velha.

“Desde que Rebeca nasceu até os seis meses, usávamos somente fralda de pano. Descartável só foi comprada em uma viagem de férias, por conta da praticidade, sem a manutenção. Ela foi ficando maior e mesclávamos até o desfralde. Pretendemos fazer o mesmo com Anastácia”, diz, ao citar prós e contras. “Não tem aquele super poder de absorção da descartável, mas não precisa usar pomada. É bem confortável e deixa a pele respirar”, opina.

Pediatra faz um 'alerta'

De acordo com a pediatra e neonatologista Adeliane Bianchini Angeli, o benefício das fraldas de pano modernas para a saúde do bebê é a diminuição do risco de problemas na pele. Porém, declarou não ter uma amostragem suficiente de pacientes para atestar ou não se o modelo evita assaduras. Segundo ela, é possível a criança ter assaduras, sim, no caso de os responsáveis não utilizarem a peça de maneira correta. 

“Tenho poucas crianças que usam a fralda ecológica (apenas duas) e ambas tiveram uma assadura pequena, mas tiveram. O que diminui é o risco de alergia à fralda. Penso que é melhor para o planeta, tem o apelo ecológico, é mais econômica e evita possíveis alergias. Mas é preciso ter mais cuidado ainda ao usá-las, porque não pode utilizar pomada anti-assadura, pois danifica o pano. Então, a troca da fralda tem que ser mais frequente para evitar a assadura”, enfatiza a médica, que atua na área há 15 anos.

Pauliane Sampaio, mãe de Cecíle

"Sou  pesquisadora da área ambiental e quando vi que poderia evitar lixo, meus olhos brilharam.  Eu não entendo as pessoas que gastam R$ 400 em fraldas por mês. Gastei R$ 400 em 16 fraldas de pano. Desde então, compramos um pacote de fralda descartável por mês para usar durante à noite e para sair. Nosso gasto é praticamente zero. Se tiver só xixi, lavo com água e deixo de molho no balde. Dá para lavar na máquina, com sabão de coco. Não impacta minha rotina. Outra vantagem é que a fralda de pano evita assaduras e doenças na pele da criança. Usar algo de plástico nesse calor é absurdo. Tivemos um problema ao usar fralda descartável dois dias seguidos. A Cecíle ficou toda empolada e teve que fazer tratamento por dois meses. Tiramos até a fralda descartável noturna."

Custo Benefício

Fraldas Descartáveis: 5/dia = 150/mês = 1,8 mil/ano = 37,5 pacotes c/ 48 fraldas cada = R$ 33 x 37,5 = R$ 1.237,50/ano ou R$ 3.712,50 por 3 anos

Fraldas de Pano:  1 fralda de pano = R$ 32,00 (aprox.); 24 fraldas de pano por 3 anos = R$ 768

Publicidade
Publicidade