Publicidade
Entretenimento
Vida

O acorde dos cheiros: o que fica bem em cada cômodo da casa

Se você está escolhendo algum aromatizador para seu lar, saiba que lugares mais modernos e cheiros mais chipres, com cor de base de madeira, passam um toque mais clean 06/11/2015 às 16:35
Show 1
Aromas do lar são capazes de estimular ou tranquilizar
Laynna Feitoza Manaus, AM

Costuma-se dizer que cheiro tem cor e textura. Há quem diga que estes se compõem assim como os acordes musicais. Por ser algo muito pessoal, a primeira medida a se tomar quando se quer conferir aroma a algum local é, de fato, averiguar qual o perfil do ambiente: se é contemporâneo ou rústico.

Se você está escolhendo algum aromatizador para seu lar, saiba que lugares mais modernos cheiros e mais chipres, com cor de base de madeira, passam um toque mais clean. Cheiros mais cítricos, por sua vez, reforçam a jovialidade e caem bem no quarto dos jovens, por exemplo.

Mas é preciso atentar para os gêneros na hora de escolher qual aroma usar. O mundo jovem feminino, por exemplo, é mais adocicado e floral, segundo aponta consultora olfativa Mônica Burgos, diretora da empresa de aromatizadores Avatim. “No marketing olfativo, nós temos que orientar quais cheiros têm a fixação maior. O cheiro, além de combinar com o ambiente, deve combinar com o estado físico e com os produtos”, orienta.

Locais como joalherias e lojas de bijuterias são considerados lojas frias porque trabalham com vidros e metal. “Quando eu tenho um ambiente desse, não vou para o lado da modernidade, e sim para aquele cheiro que dure mais”, pontua. Os cheiros que mais fixam no ambiente, segundo ela, são os adocicados e os amadeirados. Burgos lembra ainda que às vezes os clientes gostam de um cheiro em específico, mas que não combina com o lugar. “Neste caso, é preciso esquecer o gosto pessoal”, adverte ela.

A quem recorrer

Quer ajuda para escolher um aroma para seu lar e não sabe para onde correr? Corra para um arquiteto! “Na etapa final do projeto de interiores, a qual chamamos de produção, quando entram os objetos de decoração e ornamentação, sempre indico aromatizadores e difusores de ambientes. Esse é um detalhe que muitas vezes passa desapercebido e faz diferença”, coloca a arquiteta e urbanista Ana Letícia Miranzi, 24.

Segundo ela, no mercado é possível encontrar aromatizadores de diversos tipos e finalidades. “Podem ser em spray, sachês perfumados, aromatizador para tecidos, entre outros. Eu costumo dar um kit para meus clientes quando finalizo o projeto com um aromatizador de ambientes e um difusor, como agradecimento pela confiança e conclusão do projeto”, alega.

Ela pontua ainda que o aroma ideal ao lar é aquele que trará boas sensações ao morador. “Cada aroma desperta uma sensação e deve ser levado em conta o cômodo que será utilizado, pois têm propósitos diferentes uns dos outros. Em ambientes dinâmicos, como a sala de estar, pode ser usado aroma de rosas brancas, pois tranquilizam; ou laranja, que proporciona alegria e bem estar”, afirma.

Já para o quarto, são indicados aromas suaves que tranquilizam, como lavanda e camomila. Banheiros, por sua vez, necessitam de essências mais fortes para remeter a limpeza, como eucalipto e pinho. Mas você vai ficar surpreso ao saber que a cozinha e área de lazer também podem receber aromas.

“A cozinha tem uma grande mistura de cheiros. A recomendação é apostar em aromas cítricos, como laranja e limão. A canela também é muito utilizada, pois neutraliza cheiros fortes como os de fritura. Na área de lazer, a tendência é que o aroma se dissipe. O ideal é escolher essências que tenham funções repelentes, como a citronela”, finaliza Ana.

Publicidade
Publicidade