Publicidade
Entretenimento
Vida

'O Exterminador do Futuro: Gênesis' chega a Manaus em pré-estreia nesta quarta (1º)

A sessão do longa de ficção científica, que será legendada e ocorrerá na sala VIP 3D do Cinépolis do Ponta Negra Shopping, começará às 22h 01/07/2015 às 15:21
Show 1
O filme é o quinto da franquia de sucesso estrelada por Arnold Schwarzenegger
Lucas Jardim Manaus (AM)

Vale para os ansiosos de plantão, para os megafãs da série e para os ansiosos de plantão que são megafãs da série: “O Exterminador do Futuro: Gênesis”, novo filme da franquia de ação/ficção científica largamente responsável por tornar Arnold Schwarzenegger um ícone cultural e sedimentar o nome de James Cameron nos anais do gênero, chega a Manaus em uma pré-estreia no Cinépolis do Ponta Negra Shopping. A sessão, que será legendada e ocorrerá na sala VIP 3D do complexo, começará às 22h desta quarta-feira (1º).

No filme, John Connor (Jason Clarke), líder da resistência humana, envia o Sargento Kyle Reese (Jai Courtney) de volta para 1984 para proteger Sarah Connor (Emilia Clarke) e salvaguardar o futuro, mas uma mudança inesperada nos acontecimentos cria uma linha do tempo fragmentada.

Agora, o Sargento Reese encara uma nova e desconhecida versão do passado, onde ele encontra aliados improváveis, incluindo o Guardião (Arnold Schwarzenegger), novos e perigosos inimigos e uma missão inesperada: redefinir o futuro.

A Cinépolis ainda informou que quem assistir à pré-estreia concorre a uma motocicleta Fat Boy da Harley-Davidson, respondendo a um questionário no site da rede após o filme. 

Continuidade

Na onda das ressurreições recentes de franquias cinematográficas, “Gênesis” não se apresenta como uma sequência direta dos filmes que o antecederam, tampouco os ignora (de maneira que também não pode ser considerado um reinício, ou “reboot).

A produção tem chamado o filme de uma “reinvenção” e a imprensa especializada tem-no comparado com o trabalho que o cineasta J. J. Abrams fez com a franquia Star Trek no final dos anos 2000.

Por conta dos elementos “reinventados”, o longa já tem sua dose de controvérsia entre os fãs da franquia, uma vez que seu roteiro reescreve vários fatos apresentados nos dois primeiros filmes, os clássicos “O Exterminador do Futuro” e “O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final”. 

James Cameron, diretor desses filmes, não comandou a nova aventura, já que suas atenções estão totalmente voltadas para o desenvolvimento das três sequências de “Avatar”, seu filme de 2009. 

No entanto, ele foi consultado durante a produção e, tendo visto o produto final, já atestou a fidelidade do novo trabalho aos seus filmes e já declarou publicamente que considera “Gênesis” como o terceiro capítulo oficial da saga, ignorando os acontecimentos retratados em “O Exterminador do Futuro: A Rebelião das Máquinas” (2003) e “O Exterminador do Futuro: A Salvação” (2009).

Quem acaba voltando é Schwarzenegger, astro sinônimo da série que, depois de se ausentar da sequência de 2009 devido às suas obrigações como governador do estado americano da Califórnia, reaparece como o personagem-título em toda a sua glória robótica.

Ao invés de Cameron, quem fica a frente do novo projeto é Alan Taylor, diretor que ganhou nome comandando vários episódios de séries aclamadas da HBO, como Família Soprano, Boardwalk Empire e Game of Thrones, e recentemente foi responsável pela nova aventura do herói Thor nas telonas, o bem-recebido “Thor: O Mundo Sombrio” (2013).

Publicidade
Publicidade