Publicidade
Entretenimento
TELEVISÃO

Programa de TV ‘Além da conta’ exibe forma de consumo dos famosos em comércios

Atração escrita por Ingrid Guimarães mostra que os famosos podem, inclusive, pechinchar. A 4ª temporada estreia nesta quarta-feira (11) 11/01/2017 às 09:34 - Atualizado em 12/01/2017 às 10:49
Show b0111 21f
Ingrid aprendeu a pechinchar com Sabrina Sato (Foto: Guto Barra/Divulgação)
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Acompanhar a sua celebridade favorita na hora das compras por aí: quem não gostaria? Essa é a tarefa da atriz Ingrid Guimarães no programa “Além da Conta”, do canal GNT. Mais do que acompanhar, ela analisa as formas de consumo dos famosos em comércios populares. Tamanho foi o sucesso dos períodos anteriores do programa que a quarta temporada da atração estreia nesta quarta-feira (11) às 22h30 (horário de Brasília). O programa, que antigamente mostrava as compras no exterior, vai trazer sete episódios inéditos, gravados entre o eixo São Paulo – Rio de Janeiro.

Escrito pela atriz Ingrid Guimarães, o programa, nesta temporada, buscou se adaptar à realidade brasileira. “Esse ano eu não queria mais fazer fora [no exterior], porque acho que não combina com o Brasil atualmente. O consumo depende da situação econômica do País, então tem que acompanhar, senão vira uma realidade virtual. A gente achou que não tinha porque gravar fora, porque não tem mais tanto brasileiro comprando fora e temos dois milhões de desempregados aqui”, enfatiza a atriz.

Guimarães explica que o olhar impresso sobre a atração não é de jornalista ou similar, mas sim de pessoa interessada no outro. A partir daí, ela acabou fazendo alguns diagnósticos empíricos. “O brasileiro ama o crediário. No programa, falamos dessa mania que o brasileiro tem em dividir de muitas vezes. A diferença é esse mercado popular que abraçamos agora”, diz ela, listando locais como a Feira de São Cristóvão (RJ), Mercadão de Madureira (RJ), Brás (SP) e Galeria Pagé (SP), além de shoppings e lojas de construção, como foco da ação.

Segundo Ingrid, a equipe apresentou um consumo surpreendente. Ingrid passou 20 dias gravando em uma loja, para então acompanhar tudo o que será exibido no programa. “Eu tive o lado da celebridade comprando, e o contraponto. Eu acabei pesquisando e entrevistando gente sobre o consumo mais consciente”, destaca ela. A atração estreia com a apresentadora Sabrina Sato, mas também vai mostrar as formas de consumo da atriz Dani Calabresa, do ator Fábio Porchat, a atriz Dira Paes e o ator Marcelo Serrado.

Guimarães explica ter sido muito mais fácil gravar no Brasil do que no exterior. “Foi muito mais fácil no Brasil. Enquanto nos Estados Unidos eu tinha 23 minutos para gravar na loja e era expulsa, aqui eu tinha cafezinho, brinde... claro que foi mais complicado porque eram duas celebridades juntas, mas aqui tem uma coisa que calhou. Nunca ganhei tanto presente quanto ganhei agora, tive essa coisa amorosa, como sempre tem por aqui”, afirma ela.

Visão

O programa, segundo a atriz, vem para mostrar que também é possível encontrar coisas boas e a bons preços. “Foi uma surpresa grande. Encontrei muitas coisas boas e com ótimo preço nos mais variados setores - alimentos, maquiagem, roupa, utilidades para o lar. Descobri muitos produtos típicos daqui. Eu comprei até shampoo de açaí e de mandioca", coloca ela. Contudo, a reflexão proposta também dialoga com o consumo específico das localidades. “É engraçado ir para a Bahia e trazer berimbau, e ir para o Amazonas e trazer arco e flecha. Todo mundo geralmente tem encostado em casa”, pondera ela.

A atração rendeu a Ingrid experiências inusitadas, como aprender a pechinchar com Sabrina Sato e comprar cachaça de jambu com Chay Suede. E o carinho do público tem sido bastante presente na rotina de Ingrid, potencializando as sensações. “Todo o dia as pessoas me param na rua para falar do programa. O fato de falar que a celebridade está comprando faz a pessoa pensar que não é uma pessoa fútil por estar comprando também. As pessoas têm vergonha de parecer fútil por comprar”, acentua ela. Agora, elas já se sentem amparadas.

Publicidade
Publicidade