Publicidade
Entretenimento
Vida

O retorno da 'Mãe Monstro': Lady Gaga estrela 'American Horror Story' a partir desta quarta (7)

Gaga interpreta Elizabeth, também chamada de “A Condessa”, uma Vilã com V maiúsculo com insaciável apetite sexual e que se alimenta de sangue humano 03/10/2015 às 14:21
Show 1
A artista já disse que o papel influenciará seu novo disco
Lucas Jardim Manaus (AM)

Poucas pessoas parecem ter nascido para interpretar uma homicida obcecada por arte e moda como Lady Gaga. A cantora, eleita esta semana a mulher do ano pela revista estadunidense Billboard, estreia nesta quarta-feira (7) na telinha como Elizabeth, também chamada de “A Condessa”, uma Vilã com V maiúsculo com insaciável apetite sexual e que se alimenta de sangue humano.

A personagem é uma das protagonistas da quinta temporada do bem-sucedido seriado de terror “American Horror Story”, subtitulada “Hotel”, e sua intérprete entra para o elenco da produção em ótima hora: a chegada da cantora parece preencher sob medida o vácuo deixado pela veterana atriz Jessica Lange, que estrelou todas as temporadas do programa até agora e optou não voltar este ano.

Carreira em expansão

De sua parte, Gaga também é beneficiária, vez que a cantora tenta trazer a seriedade de sua carreira musical a outras mídias.A estrela pop vem mostrando uma faceta madura desde o lançamento de “Cheek to Cheek”, álbum colaborativo com o titã Tony Bennett que a viu regravar clássicos do jazz e cuja turnê contemplou grandes festivais do gênero. 

A empreitada culminou no primeiro “Prêmio de Ícone Contemporâneo”, cedido pelo Hall da Fama dos Compositores, e no consagrado medley de músicas do filme “A Noviça Rebelde” que ela cantou na cerimônia do Oscar desse ano.

Enquanto isso, sua carreira de atuação por ora se resume a pequenas participações nos filmes “Machete Kills” (2013) e “Sin City: A Dama Fatal” (2014) e, considerando seu lado teatral, é natural que a cantora busque expandi-la.

O hotel

A personagem de Gaga é dona do Hotel Cortez, que concentrará os acontecimentos da trama. Devido ao hotel ser localizado em Los Angeles e a história se passar nos dias de hoje, havia uma especulação antiga de que o quinto ano da série seria conectado ao primeiro, o que já foi confirmado pelo co-criador da série, o produtor Ryan Murphy.

A atmosfera do lugar, com uma decoração profundamente influenciada pelo movimento Art Deco, remete tanto a ambientes ficcionais, como o antológico Hotel Overlook (de “O Iluminado”), como hoteis da vida real associados com histórias macabras, como o Cecil e o Chateau Mormont (não por acaso, ambos ficam em Los Angeles).

O ponto de partida da temporada é uma investigação policial conduzida pelo detetive John Lowe, interpretado por Ben Wheatley, que o levará ao Hotel Cortez. Em termos de vilões, além d’A Condessa, teremos o Dez Mandamentos, assassino que se inspira na Bíblia para matar, e Demônio do Vício, que perambula pelo hotel com um consolo perfurante.

Fobias particulares

Quanto a temática, os criadores do show comentaram que a quinta temporada trará de volta o estilo “terror de clausura” que marcou os dois primeiros anos da série e que ela tocará com o medo do “monstro embaixo da cama” e da “invasão de domicílio”, fobias particulares de Ryan.

“[Quando] você faz check-in num hotel, com certeza há coisas além do seu controle. Outras pessoas têm a chave do seu quarto, elas podem entrar lá. Você não está exatamente seguro, é uma ideia muito desconcertante”, comentou o produtor em entrevista. Quando uma dessas pessoas é uma maníaca com sede de sangue, este desconcerto deve ser maior ainda...

'A arte da escuridão'

A parceria entre Gaga e o co-criador da série, Ryan Murphy, faz sentido, senão por outro motivo, porque ambos partilham de um profundo senso de teatralidade e valor de choque: Ryan criou para Gaga uma personagem que mata suas vítimas com luvas estilizadas e, em uma das cenas, ela participa de um sexo grupal com outros três personagens. Segundo o produtor, ao pedir um papel, a única exigência da cantora era “ser má”.

Por sua vez, Gaga mencionou recentemente, em uma entrevista cedida à publicação americana Entertainment Weekly, que sua aparição no seriado a fez retornar a algo que acreditava profundamente, “a arte da escuridão”.

Isso remete às diversas vezes que a cantora explorou temas obscuros em sua carreira: ela já interpretava uma assassina no clipe de “Paparazzi”, single de seu primeiro disco; compôs um grupo de canções totalmente inspirado no lado destrutivo da fama (“The Fame Monster”, de 2009); e investiu em um look totalmente dark para a promoção de seu disco “Born This Way” (2011).

Próximo disco

Se isso vai influenciar seu próximo disco? “Sim, vai. [“American Horror Story”] vai me influenciar deste dia em diante, cada vez mais”, disse ela à Entertainment Weekly.

O anúncio mexe com o coração dos fãs que esperam uma volta da cantora a um estilo muito associado ao seu início de carreira, mas ela já deixou claro que não pretende trabalhar em música nova até o término da temporada do seriado.

Personagens

Matt Bomer será Donovan, um amante de longa data de Elizabeth que se sente deixado de lado quando ela encontra um novo homem, o modelo Tristan.

Angela Bassett será Ramona Royale, uma atriz e ex-amante da personagem de Gaga. Ela se juntará a Donovan para, juntos, se vingarem da dona do hotel.

A modelo Naomi Campbell se junta à série como Claudia, editora da Vogue que resolve passar um tempo no Cortez. Claro, uma vez lá dentro, coisas começam a acontecer...

Max Greenfield é Gabriel, um drogado que faz amizade com Hypodermic Sally. Ele protagoniza a cena mais perturbadora da série, segundo Ryan Murphy.

Kathy Bates retorna como Iris, gerente do hotel e mãe de Donovan. Ela é superprotetora do filho e tem uma relação bem contenciosa com Hypodermic Sally.

Sarah Paulson também está de volta, desta vez na pele de Hypodermic Sally, drogada que reside no hotel e odeia Iris de maneira profunda.

Finn Wittrock, por sua vez, interpreta Tristan, modelo hiperssexual que vira o novo brinquedinho de Elizabeth e  vira um dos alvos de Donovan e Ramona.

Publicidade
Publicidade