Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Vida

Organização divulgou nova seleção para a nona edição do Amazonas Film Festival

A seleção final reúne 15 produções, sendo seis documentários e nove ficções. O festival é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC)



1.jpg Nova edição do Amazonas Film festival será realizada de 3 a 9 de novembro em Manaus
19/10/2012 às 08:23

O 9º Amazonas Film Festival (AFF) anunciou ontem mudanças na seleção dos filmes que integram a Mostra Competitiva de Curta-Metragem – Amazonas. A mostra que reúne somente produções locais foi dividida em duas categorias – Documentário e Ficção –, com o acréscimo de novos títulos de ambos os gêneros. A seleção final reúne 15 produções, sendo seis documentários e nove ficções. O festival é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Na categoria Documentário, figuram na seleção final os curtas “A última travessia”, de Joice Caster; “Filhos do Haiti”, de Ari Santos; “No rádio do seu coração”, de Elisa Bessa e Ladilce Pontes; “Retratos de Manaus”, de Sergio Cobelo; “Chão molhado”, de Everton Macedo e Silva; “Cinema em trânsito”, de João Aureo. As duas últimas produções foram realizadas em Parintins (a 325 quilômetros de Manaus), sendo as demais representantes da capital.



De Ficção, foram selecionados “A última no tambor”, de Ricardo A. R. D’Albuquerque, “A segunda balada”, de Rafael R. dos Santos; “Asfalto”, de Moacyr Massulo; “Et set era”, de Emerson Medina e Rod Castro; “O tempo que volta”, de Abelly Cristyne; “Paris dos Trópicos”, de Keurem M. Marçal; “Postumo”, de Diego Nogueira; “Terra dos meninos pelados”, de Izis Negreiros; e “Uma doce dama”, de Leonardo J. Mancini.

Inscritos

Nesta edição, o Amazonas Film Festival teve 393 concorrentes inscritos na Mostra Competitiva, sendo 87 longas e 306 curtas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.