Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Vida

Orquestra Ouro Preto leva à Itapiranga som dos Beatles em formato erudito

Projeto "Série de Concertos The Beatles", sucesso de público e crítica, já rodou o mundo e agora aporta no interior do Amazonas


13/04/2015 às 10:23

Quando ainda era pequeno, Rodrigo Toffolo ouvia o pai tocar “Penny Lane” no piano. Foi assim que o hoje maestro e fundador da Orquestra Ouro Preto (natural de MG) conheceu The Beatles. Mal ele poderia imaginar que, anos mais tarde e já ao lado de sua orquestra, tocaria as músicas dessa banda para uma plateia de Liverpool na qual sentava na terceira fileira a irmã de John Lennon. Pois este espetáculo intitulado “Série de Concertos The Beatles”, cujo repertório traz versões orquestradas de diversas músicas dos “Fab Four”, é o mesmo que promete encantar o município de Itapiranga no próximo dia 17.

Desde 2009 rodando pelo mundo todo, a “Série de Concertos The Beatles” conta com o patrocínio da Petrobras e carrega consigo um objetivo nobre, o qual faz com que seus músicos toquem em Itapiranga com a mesma satisfação que tocam em Liverpool. “A ideia é poder fazer um programa que chame a atenção da juventude e a leve ao teatro. Chegamos à conclusão de que uma banda de rock como The Beatles ao lado de uma orquestra poderia fazer isso”, explica Toffolo. Mesmo assim, tocar para o público brasileiro sempre tem um “quê” a mais, segundo o maestro.

“Estamos animadíssimos com a apresentação em Itapiranga porque já rodamos bastante para saber que é até mais gostoso tocar para um público assim que estar num grande teatro escuro onde você não vê a cara das pessoas que estão lhe aplaudindo”, comenta. A apresentação da Orquestra Ouro Preto será no Ginásio Dom Jorge Maskeo e a entrada é totalmente gratuita.

Repertório

As músicas escolhidas para a “Série de Concertos The Beatles” buscam refletir pelo menos um pouco de todas as fases da banda. Os arranjos foram feitos pelo violinista Mateus Freire e a direção musical é do próprio Toffolo. Para dar o impacto necessário, a apresentação privilegia a linha melódica original das canções, com os violinos, violas, violoncelos e baixo, substituindo a palavra cantada. Toffolo confessa ser mais fã da etapa final dos garotos de Liverpool (fim da década de 1960), sendo “Abbey Road” seu disco favorito.

“Nesse disco eles conseguem alinhar uma melodia lindíssima, daquele tipo que você sai assobiando quando ouve, e elementos rítmicos interessantes, numa mistura de instrumentos e experimentação”, opina o maestro.

Ele cita também que os demais integrantes de sua orquestra, todos na faixa dos 25 aos 40, já eram fãs dos The Beatles e com o projeto, tornaram-se mais ainda. Mas mantêm a mente aberta. “Eles gostam de música popular também, dançam forró”, diz, bem-humorado.

Rock + música erudita

A combinação de rock n’ roll e música erudita, principal ingrediente da “Série de Concertos The Beatles”, é uma forma leve de levar cada vez mais gente ao teatro. Segundo Toffolo, a experiência inicial não deve ser com um concerto por demais complexo, porque pode assustar. “Você precisa sentar e poder passar uma hora linda lá. Assim, você é fisgado e volta”.

E tem dado certo. O feedback tem sido surpreendente para a Orquestra Ouro Preto. “Eu já vifamílias que se programam para ver nossa orquestra. E nos falam: nesse mês, a gente vai economizar gasolina para ver vocês. Esse encantamento é muito importante para nós”.


Trajetória premiada

Com 15 anos de trajetória, a Orquestra Ouro Preto se destaca pela competência e virtuosismo de seus músicos. Patrocinado pela Petrobras, o grupo tem como proposta o desenvolvimento de repertório diversificado em gênero e épocas, fundamentando seu trabalho em linhas de atuação específicas, que a distinguem de outras orquestras, a exemplo da universalidade da música, tendo como base o repertório clássico; a latinidade como fonte de identidade e referência, além do ineditismo e experimental, mediante o diálogo entre os universos das músicas clássica e popular. 

Em seu legado, destaca-se a indicação ao prêmio Grammy Latino na categoria Melhor Disco Instrumental, pelo álbum “Latinidade”, e apresentações em importantes cidades do País e exterior. Recentemente, realizou uma série de concertos em Portugal e na Galícia, divulgando a música de concerto brasileira contemporânea.


Serviço

o que é: Orquestra Ouro Preto apresenta “Série The Beatles” em Itapiranga

onde: Ginásio Dom Jorge Maskeo

quando: Dia 17, às 20h

quanto: Entrada gratuita

publicidade
publicidade
Educador indígena da rede estadual lança livro sobre a vida Munduruku
Curiosidade: nos primeiros anos, jornal A Crítica foi ‘onzeorino’
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.