Terça-feira, 21 de Maio de 2019
CINEMA

Oscar 2017 tem recorde histórico de indicações para atores negros

Ano passado, os 20 indicados nas categorias de atuação eram brancos. Até então, a premiação com mais negros indicados havia sido a de 2006



4740ff732ef14c97ea7ee0ccef2609ccf3092e35.jpg
(Foto: Divulgação)
25/01/2017 às 10:12

Ao contrário de 2016, quando a Academia de Artes e Ciência Cinematográficas de Hollywood ignorou atores negros, a lista do Oscar 2017 conta com um recorde de indicações: foram seis atores negros nomeados para a premiação no total. Até então, a premiação com mais negros indicados havia sido a de 2006, ano dos filmes Dreamgirls e Ray, com cinco.

No ano passado, todos os 20 indicados nas categorias de atuação eram brancos, o que gerou críticas nas redes sociais e a repercussão da campanha #OscarSoWhite (#OscarMuitoBranco). Para mudar essa imagem, em 2017 as seis principais categorias possuem pelo menos um diretor, atriz ou ator negro.

Este ano se destacam três filmes com atores e temática afro-americanos: Cercas, Estrelas além do tempo e Moonlight. Entre os indicados à categoria de Melhor Filme está Cercas, estrelado por Denzel Washington e Viola Davis, ambos negros. Denzel Washington foi indicado a Melhor Ator e Viola Davis está na lista de Melhor Atriz Coadjuvante. O ator também dirigiu o filme.

O ano de 2017 também é o primeiro em que três atrizes negras são indicadas em uma mesma categoria, a de atriz coadjuvante. Além disso, Viola Davis se tornou este ano a primeira atriz negra a ser indicada três vezes ao Oscar.

O segundo mais indicado, Moonlight: Sob a luz do luar, foi dirigido, protagonizado e escrito por negros. O filme também teve a primeira indicação de uma mulher negra concocrrendo na categora de melhor edição: Joi McMillon. Moonlight concorre em oito categorias, assim como A Chegada. La La Land: Cantando Emoções, com 14 indicações, igualou o recorde de indicações de Titanic (1997) e A Malvada (1950).

Veja a lista de negros indicados ao Oscar 2017:

Melhor filme
Estrelas além do tempo (produtor Pharrell Williams)
Cercas (produtor Denzel Washington)

Melhor diretor
Barry Jenkins (Moonlight: Sob a luz do luar)

Melhor ator
Denzel Washington (Cercas)

Melhor atriz
Ruth Negga (Loving)

Melhor ator coadjuvante
Mahershala Ali (Moonlight: Sob a luz do luar)

Melhor atriz coadjuvante
Viola Davis (Cercas)
Naomi Harris (Moonlight: Sob a luz do luar)
Octavia Spencer (Estrelas além do tempo)

Melhor fotografia
Bradford Young (A chegada)

Melhor roteiro adaptado
Moonlight (Barry Jenkins)
Cercas (August Wilson – pseudônimo de Frederick August Kittel)

Melhor documentário
I am no your negro (Raoul Peck, produtor)
13th (Ava DuVernay, produtora)

Melhor edição
Joi McMillan (Moonlight: Sob a luz do luar)


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.