Publicidade
Entretenimento
Vida

Outubro indie: Tiago Iorc e Marcelo Jeneci vêm a Manaus

No dia 23 do mês que vem, Tiago Iorc traz a turnê de seu novo disco, “Troco Likes”, para a cidade. No dia 25, é a vez do paulistano Marcelo Jeneci 18/09/2015 às 17:19
Show 1
Tiago virá a Manaus pela 3ª vez. Marcelo nunca veio à capital do AM com um show solo
Lucas Jardim Manaus (AM)

Os fãs manauaras de indie nacional vão ter o mês que pediram a deus em outubro, quando dois grandes artistas do gênero dão as caras nos palcos locais. Primeiro, no dia 23 do mês que vem, o brasiliense Tiago Iorc traz a turnê de seu novo disco, “Troco Likes”, para a cidade. 

Dois dias depois, no dia 25, é a vez do paulistano Marcelo Jeneci trazer seu repertório para a capital amazonense. Ambas as apresentações acontecem no Teatro Manauara, localizado na av. Mário Ypiranga Monteiro, 1300, bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul.

Da casa

Tiago é “habitué” da noite manauara desde a divulgação de “Zeski”, disco de 2013 que viu sua carreira se focar mais no mercado nacional. O álbum trouxe o cantor a Manaus em setembro de 2013 com sua banda, e novamente em agosto de 2014, em um turnê acústica intitulada “Tiago Iorc - Voz e Violão”.

No repertório, estavam presentes tanto os destaques de “Zeski”, como suas colaborações com o capixaba Silva (“Forasteiro”) e a paulistana Maria Gadú (“Música Inédita”), como seleções de seus dois discos anteriores, “Let Yourself In” (2008) e “Umbilical” (2011), compostos integralmente de músicas em inglês, tais como  “Nothing But a Song” - que chegou à 19ª posição da parada japonesa, feito impressionante para um artista de fora do Japão. Seu folk pop bem acústico faz sucesso na cena de MPB contemporânea e até já o levou a emplacar músicas na trilha de várias novelas.

“Troco Likes”, no entanto, traz um lado mais enérgico e despojado do cantor, passando um pouco mais longe da vibe mais romântica de “Zeski” e seus predecessores.

Sobre a cidade, Tiago é só elogios. “Amei conhecer Manaus. Fui recebido com muito carinho por todos [em shows anteriores]. O último show foi inesquecível”, comentou.

Multi-instrumentos

Marcelo, por sua vez, não pintou na capital amazonense com um show seu, no entanto, ele chegou a vir em setembro de 2009 para tocar teclado em um show especial que o Ex-Titã Arnaldo Antunes e o guitarrista do Ira! Edgard Scandurra fizeram no Porão do Alemão naquele mês.

Desde então, o cantor e multiinstrumentista (além de teclado, ele também toca sanfona e guitarra) embarcou em uma carreira-solo que rendeu dois álbuns, “Feito para Acabar” (2010) e “De Graça” (2013), este último indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira.

O tempo que passou tocando com Arnaldo Antunes resultou em duas músicas de Marcelo sendo gravadas pelo artista, “Quarto de Dormir” e “Longe”, e o tempo em que foi sanfoneiro na banda do baiano Chico César culminou com uma parceria, “Felicidade”, incluída em “Feito para Acabar”. Marcelo também compôs para artistas como Vanessa da Mata e Zélia Duncan.

Depois dos shows dos dois artistas, os fãs locais de indie nacional não precisam se preocupar com jejum: Manaus continua na rota do gênero em novembro com o show de carioca Cícero, que trará a turnê de seu disco mais recente, “A Praia” (lançado este ano), para o palco do Teatro Manauara no dia 15 de novembro.

Publicidade
Publicidade