Publicidade
Entretenimento
KIDS

'Escola de Princesas' será aberta em Manaus no segundo semestre

Capital amazonense ganhará um ‘castelo’ oficial da franquia, com cursos para meninas de quatro a 15 anos 19/02/2017 às 05:00
Show ana princesas
Atriz Ana Zimmermann representa a escola e está confirmada no primeiro evento da franquia em Manaus
Natália Caplan Manaus

Bela, Ariel, Jasmine, Branca de Neve, Aurora, Tiana, Cinderela, Anna ou Elsa? Não importa qual é a favorita, todas inspiram a “Escola de Princesas”, que chegará a Manaus no segundo semestre deste ano. Enquanto o “castelo” não é inaugurado, estão confirmadas três programações em março, abril e maio. O primeiro evento será o “Tarde de Princesas”, no dia 25 de março, com a presença da atriz Ana Zimmermann, a Marcelina da novela infantil “Carrossel”.

“É para meninas de 4 a 15 anos. Entre as aulas estão postura, culinária, costura, como organizar o ambiente, entre outros. O objetivo é ensinar bons hábitos, princípios, trabalhando saúde, bem-estar, caráter e educação. Ninguém quer que a criança aprenda algo errado”, diz Giselle Pignolati, nova franquiada do projeto que começou em Belo Horizonte (MG). Ela é mãe de Thiago, de 14 anos, e Júlia, 9.

Em uma conversa entre amigas que também têm filhas, ela soube da proposta e decidiu conferir de perto. A experiência da caçula nos cursos de férias da matriz mineira e da filial de São Paulo, em janeiro, aumentou ainda mais a vontade da master coach trazer a franquia para a capital amazonense. A ideia é utilizar a magia dos contos de fadas para ensinar valores no cotidiano, de uma forma lúdica e educativa.

“Minha princesa favorita é a Bela e foi muito legal porque aprendi coisas novas e fiz muitas amizades”, diz a menina, ao citar que também é fã de esportes. “Eu gosto de moda e de criar estilos, mas também gosto de judô, futebol e natação”, completa, com apoio da mãe. “Não é apenas a questão lúdica da princesa no castelo, mas oferecer uma estrutura para crescimento ideal. É aprender sobre a vida real: de realeza e de realidade”, finaliza Giselle.

‘Lute como uma menina’

Esse é um dos lemas da “Oficina de Desprincesamento”, criado em Iquique, no Chile. O projeto surgiu após a criação da “Escola de Princesas” e chegou a São Paulo. Nele, meninas de 9 a 15 anos participam de atividades práticas sobre auto-imagem, auto-defesa, história de mulheres que mudaram o mundo, entre outros assuntos. Em Sorocaba, no interior paulista, o “Girls Rock Camp” foi idealizado da mesma forma, mas com um bônus: as participantes, de 7 a 17 anos, aprendem a montar uma banda. Ambas ensinam que não é preciso um “príncipe encantado”, mas que mulheres são fortes e independentes para conquistar seus objetivos.

Serviço
O que: “Tarde de Princesas”, com Ana Zimmermann
Quando: 25/3, de 14h às 17h
Onde: Teatro Manauara - Avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, Adrianópolis
Informações:  98413-9208

Publicidade
Publicidade