Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Vida

Parabéns ao herói: Superman comemora 75 anos

Imortalizado pelo nova-iorquino Christopher Reeve, astro de quatro longas do Superman, nas décadas de 70 e 80, o herói viu sua história começar em 1933, pela mente de Herbert S. Fine, pseudônimo usado por Siegel, e pelos traços de Shuster



1.jpg Nova aventura do super-herói já está em exibição nas salas de Manaus
05/07/2013 às 12:18

Criado pela dupla de quadrinistas Joe Shuster e Jerry Siegel, o personagem Superman volta a aterrissar nos cinemas nacionais com o longa “O Homem de Aço”, assinado pelo visionário Zack Snyder (“300” e “Watchmen - O Filme”). No entanto, o lançamento do novo filme, agendado para a próxima semana, não é o único grande acontecimento do ano na trajetória do herói. Dois mil e treze marca, também, o 75º aniversário do tímido jornalista Clark Kent, alterego do personagem.

Imortalizado pelo nova-iorquino Christopher Reeve, astro de quatro longas do Superman, nas décadas de 70 e 80, o herói viu sua história começar em 1933, pela mente de Herbert S. Fine, pseudônimo usado por Siegel, e pelos traços de Shuster. Cinco anos depois, o personagem estampava a primeira edição do quadrinho “Superman”, onde já aparecia com o famoso uniforme azul e vermelho.

“A importância do Superman é mais pelo mito criado em cima do personagem. Na linguagem dos quadrinhos, ele foi o primeiro e quem definiu o que seria um super-herói. Ele combina com um conceito mais antigo, com os heróis gregos: donos de poderes especiais, porém, mortais.

Independente da cultura e geração, o personagem é conhecido por todo o mundo, pois representa esse conceito de ‘homem com super poder’”, comentou o professor Alexandre Jubran, da Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP), cujos trabalhos já foram associados a uma importante empresa de quadrinhos: a Marvel Comics.

Logo nesse primeiro contato, o público foi apresentando ao universo da Metrópolis, cidade semelhante a Nova York onde fica situado o Planeta Diário, jornal em que Clark e Lois Lane, interesse amoroso do protagonista, trabalham. De lá para cá, houve várias mudanças no estilo do herói, física e psicologicamente. A mais importante delas - e talvez menos conhecida -, contudo, é o fato do Superman, de início, não voar. Para combater os crimes, o personagem “apenas” dava grandes saltos.

“As histórias em quadrinho são que nem novelas. Chega uma hora em que você tem que reciclar conceitos e colocar alguns novos. Quando criado, apesar de ter tipo físico e uniforme pré-estabelecidos, o Superman ainda não tinha os seus poderes definidos. Ele saltava mais alto que um prédio, mas visões de raio-x e de calor, por exemplo, foram aparecendo com o tempo. Outra diferença perceptível é uma questão da personalidade. No início, o personagem enfrentava ladrões e assaltantes, uma coisa de bairro mesmo, mais regional. Com o tempo, ele foi adquirindo uma percepção maior de outros problemas”, completou o professor.

Televisão

Em 1948, o herói deu as caras pela primeira vez na TV, com a série “Superman”. Estrelado por Kirk Alyn, o seriado em preto e branco foi produzido em 15 capítulos e, para mostrar as cenas de voo do personagem, foram criadas animações, devido ao baixo orçamento da série.

Três anos depois, foi a vez do ator George Reeves vestir o famoso uniforme em “As Aventuras do Superman”. O astro gravou mais de 100 episódios do seriado, sendo o primeiro nome a, realmente, conquistar o público. Em 1959, entretanto, prestes a estrear uma nova temporada e no auge do sucesso, o ator foi encontrado morto sob circunstâncias misteriosas.

O Superman continuou a sua trajetória na telinha com os “recentes” “Lois & Clark - As Novas Aventuras do Superman” e “Smallville: As Aventuras do Superboy”, de 1993 e 2001, respectivamente.

Cinema

O herói também possui um currículo invejável na telona. Ao todo, seis longas-metragens acompanham as aventuras do personagem. São eles: “Superman - O Filme” (1978), “Superman II” (1980), “Superman III” (1983) e “Superman IV: Em Busca da Paz” (1987), todos estrelados por Christopher Reeve; “Superman - O Retorno” (2006); e o lançamento “O Homem de Aço” (com pré-estreia nas salas manauaras).

O clássico de 78, comandando por Richard Donner (“Os Goonies” e “Máquina Mortífera”), é considerado um marco na história do Superman. “Quando decidiram fazer o filme, o herói estava em uma queda. O Christopher Reeve redefiniu o personagem. Ele é a imagem do Superman. O longa foi um divisor de águas e perdura na cultura popular até hoje”, concluiu Alexandre.

Destaque

A DC Comics mostrou o novo logo criado para celebrar os 75 anos do Superman. A imagem será usada pela Warner Bros. (empresa que é dona da editora do Homem de Aço), em uma grande variedade de mídias e produtos, incluindo quadrinhos, filmes, brinquedos e videogames.

Saiba +

De acordo com The Hollywood Reporter, a DC Comics e a Warner Bros. estão planejando uma série de ações durante todo 2013 e uma delas é o lançamento de um novo curta sobre o herói, dirigido novamente por Zac Snyder (“300”).

Mostra aconteceu em Santos, São Paulo

Exposição mostrou capas históricas do herói e contou, ainda, com debates mediados pelo site Reduto Brainstorm. A mostra ocorreu no dia 30.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.