Publicidade
Entretenimento
Vida

Parede vestida: é fácil modernizar metros quadrados

Papéis de parede são boas opções para transformar ambientes. Saiba onde encontrá-los em Manaus e os cuidados de aplicação e conservação 24/06/2013 às 08:33
Show 1
Florais e as pedras são as queridinhas, mas o ideal é escolher uma que combine com os móveis da decoração. Destacar uma só parede é outra boa dica
Cynthia Blink Manaus, AM

Quando chega a hora de renovar o look da casa, as paredes costumam ser o primeiro alvo. Mas, para evitar os transtornos normais das pequenas reformas, uma alternativa prática, rica em opções e, muitas vezes, com preço acessível, volta à moda. Agora, com muitas possibilidades de cores, estampas e mais resistentes à umidade e fungos, os papéis de parede se popularizam Brasil afora.

A arquiteta Mylena Bonfim, proprietária do “Atelier Arquitetura Urbana” visitou uma fábrica americana de papéis de parede e pôde acompanhar todas as etapas da produção. “Preciso destacar o quanto os papéis de parede estão mais resistentes. A utilização do acrílico para fazer o relevo junto com o uso de tecidos melhora até mesmo a acústica do ambiente”, explica a arquiteta.

Todos os gostos

A venezuelana Paola de Soto, mora em Manaus há seis anos e conta como se rendeu aos papéis de parede: “É a primeira vez que uso. É vantajoso, além de resistente, se eu enjoar da decoração de novo, basta trocar. A aplicação é simples”.

Segundo os donos das lojas, os manauaras não precisam ir longe para encontrar marcas reconhecidas, como: Wallquest, Eijffinger, Empório, Wallpaper, Rash e outras.

“Tem papéis para todos os gostos e para todas as idades, mas os preferidos dos clientes são os florais e os de pedra”, afirma Davis Ferreira, 32, proprietário da loja “Design Decor”.

Aplicação e cuidados

Mylena Bonfin sugere como estilizar o ambiente da melhor forma com os papéis: “A minha dica é eleger a parede que você gostaria de destacar, é importante também considerar o tom dos móveis para escolher a cor que irá coordenar com seu projeto”, orienta.

Quem ainda não está familiarizado com a novidade pode recorrer aos tutoriais que estão na Internet, como explica a arquiteta Daniele Camurça: “Eles são ótimos, explicam como fazer a instalação e sobre os cuidados de limpeza diária. Tendo zelo, eles duram até 10 anos, mas, Manaus tem o caso particular da umidade alta, e a vida média do papel por aqui cai para 5 anos. Ainda assim é mais vantajoso que a tinta”, complementa.

Estampas

Florais e as de pedra são as queridinhas, mas o ideal é escolher uma que combine com os móveis da decoração. Destacar uma só parede é outra boa dica.
Conheça a origem

O papel de parede surgiu na China, mais ou menos 200 anos antes de Cristo, produzido com papel de arroz, totalmente branco, depois passou a ser feito com pergaminho vegetal e ganhou cores e motivos com pinturas feitas à mão. Surgiram os carimbos de madeira, que eram embebidos em tinta para imprimir os desenhos. Eram usados em palacetes de mandarins e ricos comerciantes.

A partir do século XVI, por causa da navegação, a Europa começou a ter contato com a China, e o papel de parede surgiu pelas mãos de comerciantes árabes, que aprenderam as técnicas de fabricação dos papéis que começaram ser usados em paredes, portas e janelas em substituição à telas e tapeçarias.

Em 1630 foi inaugurada a primeira fábrica de papel de parede em Roven na França. Usando a técnica de carimbo de madeira com tintas coloridas o papel se popularizou. Em 1634 foi aberta outra fábrica na Inglaterra e só em 1814, a máquina de impressão à cores melhorou o processo, surgindo então o papel com relevo usando algodão e seda para dar a textura.

No Brasil o papel de parede chegou com imigrantes europeus no século XIX, e apenas em 1960 esse material começou a ser produzido aqui e vem se tornando cada vez mais conhecido e utilizado.

Serviço

O que é: Design Decor - Papel de Parede, Confecção de Cortinas Sob Medida Pisos de Madeira, Tapetes, Persianas
Onde: Rua Z, 34 Conjunto Eldorado, Parque 10 de Novembro
Informações: (92) 3184-67 e (92) 9132-0200 e 9150-6799O que e Ateliê Arquitetura e Urbanismo Mylena Bonfim; http://atelieram.arq.br/

Publicidade
Publicidade