Publicidade
Entretenimento
CONCURSO

Parintins lança edital para candidatos a jurados do Festival Folclórico

É proibida a participação de pessoa física nascida e/ou residente e domiciliada na região Norte do Brasil. Inscrições começaram nesta quinta-feira (3) e vão até o dia 30 de maio 03/05/2018 às 19:06 - Atualizado em 03/05/2018 às 19:17
Show show 1  3
Foto: Arquivo AC
acritica.com Manaus (AM)

A Prefeitura de Parintins lançou nesta quinta-feira (3) um edital de credenciamento de candidatos para serem membros da Escola de Jurados do Festival Folclórico de Parintins. O período de inscrições vai do dia 3 de maio (quinta-feira) até o dia 30 deste mês. As inscrições devem ser enviadas para o e-mail jurados.festival.parintins@gmail.com. Confira o edital de credenciamento. 

O candidato deve estar à disposição do Festival até o ano de 2021. É proibida a inscrição de membros da comissão de jurados, servidores públicos e profissionais atuantes no festival. Além disso, é proibida a participação de pessoa física nascida e/ou residente e domiciliada na região Norte do Brasil.

Os candidatos devem possuir experiência na área cultural e formação acadêmica ou técnica. A documentação necessária para a inscrição é Ficha de Inscrição devidamente preenchida e assinada; Cópia do Currículo Lattes de acordo com o bloco de julgamento da sua área de atuação; Carteira de Identidade; Cadastro de Pessoa Física – CPF, PIS/Pasep/Nit; e comprovante de endereço residencial.

Os candidatos aprovados integrarão o banco de dados da Escola de Jurados do Festival Folclórico de Parintins, cabendo a esta, a seu exclusivo critério, convocar até 10 dias antes do Festival Folclórico de Parintins aqueles que irão compor o corpo de Julgadores dos Festivais Folclóricos de Parintins.

O banco de dados será válido até o ano de 2021, estando todos os credenciados aptos a serem jurados nos anos de 2018 até o Festival do supracitado ano.

O credenciamento ao banco de dados não assegura participação como jurado no Festival Folclórico de Parintins e nenhum tipo de remuneração, só terão direito a pró-labore aqueles credenciados que forem selecionados pela Escola para exercer a função de jurado nas 3 três noites do Festival.

Blocos de julgamento

Comum musical

Itens de julgamento: apresentador, levantador de toadas, batucada ou marujada, amo do boi, galera, toada (letra e música) e organização do conjunto folclórico.

Área de conhecimento exigida: músico, compositor, maestro, musicólogo, folclorista ou comunicólogo (com experiência em cultura popular).

Cênico coreográfico

Itens de julgamento: porta-estandarte, sinhazinha da fazenda, rainha do folclore, cunhã-poranfa, pajé, boi-bumá (evolução) e coreografia.

Área de conhecimento exigida: teatrólogos, coreógrafos, folcloristas e figurinistas.

Artístico

Itens de julgamento: ritual indígena, tribos indígenas, tuxauas, figura típica regional, alegoria, lenda amazônica e vaqueirada.

Área de conhecimento exigida: artistas plásticos, etnólogos, cenógrafos, antropólogos, folcloristas, designers e arquitetos.

Publicidade
Publicidade