Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
LAZER NA ILHA

Passeio de triciclo é opção para os turistas conhecerem Parintins durante o Festival

O veículo, que é uma adaptação da bicicleta, está entre as atrações mais disputadas pelos turistas que visitam a "Ilha da Magia"



c3e46400-2f74-4417-94b1-5e6e11b98201.JPG Foto: Divulgação
08/06/2018 às 17:11

Uma das principais peculiaridades de Parintins é o tradicional passeio de triciclo, uma bicicleta adaptada para transportar carga, mas que, com o passar dos anos, começou a ser utilizada no transporte de passageiros. O veículo é uma atração bastante disputada pelos turistas que visitam a "Ilha da Magia" antes, durante e depois do Festival Folclórico que, neste ano, chega a sua 53ª edição.

​O passeio a bordo de um triciclo é organizado pela Associação dos Tricicleiros Turísticos do Porto de Parintins e dura em média uma hora e trinta minutos. Pontos turísticos como os currais e galpões de alegorias dos bumbás Caprichoso e Garantido, a Praça da Liberdade e o Bumbódromo são alguns dos lugares visitados pelo turista durante o trajeto.

De acordo com o presidente da Associação dos Tricicleiros, Rafael Gonçalves, o passeio custa em média R$ 50. “É uma oportunidade única e diferenciada de conhecer a ilha, além de ser seguro. Os pontos de partidas para este passeio são o porto do Município e a Praça da Catedral de Nossa Senhora do Carmo”, informou Rafael.

Ação

A Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) realizou, recentemente, um Workshop em Excelência no Atendimento do Turismo, quando participaram cerca de 100 tricicleiros. Além dessa ação, o Governo do Amazonas irá padronizá-los com uniformes (camisa, boné e bermuda), para facilitar a identificação dos tricicleiros durante o período do Festival Folclórico em 2018.

*Com informações da assessoria de imprensa.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.