Terça-feira, 26 de Outubro de 2021
Teatro presencial

Peça 'A Lenda do Rei Sebastião e o Touro Encantado' exalta tradição do 'bumba meu boi'

Espetáculo da Cia. Escalafobéticos retrata a história de um famoso youtuber do canal Caça Lendas que vive aventuras na Ilha dos Lençóis Maranhenses



IMG_8172__1___1__8E5355BD-7F4B-4CDD-B258-54FD1786840D.jpg Elenco é composto pelos artistas Wallace Abreu, Eduardo Gomes, Izabel Rocha e Isabella Dantas (Foto: César Nogueira/Divulgação)
17/08/2021 às 15:10

Para celebrar 15 anos de atividades culturais, a Cia de Atores Escalafobéticos prepara uma série de atividades. Como ponto de partida, a companhia apresenta o espetáculo “A Lenda do Rei Sebastião e o Touro Encantado”, que terá sua segunda apresentação gratuita ao público neste domingo (22), às 17h, na Arena de Artes do Palacete Provincial, no Centro da Cidade.

A peça apresenta uma releitura da lenda homônima, que faz parte do folclore maranhense, e que possui fortes ligações com a cultura do "bumba meu boi". Na trama, assinada por Felipe Maya Jatobá, Jerry, um famoso youtuber do canal Caça Lendas, vai até a Ilha dos Lençóis Maranhenses desvendar os mistérios que rondam a história do famoso rei de Portugal, encantado na forma de um touro negro que tem uma estrela na testa, que estaria embaixo das areias da Praia dos Lençóis, desde que foi derrotado em uma batalha no Marrocos.

“O espetáculo foi pensado para ser apresentado em praça pública, é teatro de rua, mas ainda por conta de algumas restrições impostas pelos órgãos mundiais de saúde e decretos governamentais, por conta da pandemia de Covid-19, estamos realizando as apresentações em espaços alternativos, para que assim consigamos ter controle de acesso ao público, sem promover aglomerações”, explica Rafaela Margarido, diretora de produção do espetáculo, que destaca ainda a importância do uso de máscaras durante a atividade. 

Folclórica e popular

A peça estreou no último domingo (15), no Pátio da Casa de Artes Trilhares, tendo como público moradores da Comunidade da Praça Tiradentes, no Aleixo, e artistas convidados. Segundo o ator e diretor do espetáculo, Wallace Abreu, o período de estreia do trabalho foi pensado estrategicamente para contemplar a Semana do Folclore Brasileiro. 

“Temos um folclore riquíssimo e que está sendo cada vez mais esquecido, com o advento das novas tecnologias. Há muita beleza e riqueza nessas histórias, nessas nossas histórias, que precisam e merecem continuam sendo compartilhadas, continuar habitando o imaginário da nossa população. E esse é o principal propósito da companhia com esse espetáculo: ajudar a manter vivo nosso folclore brasileiro. E na tentativa de aproximar esse contexto da juventude de hoje, temos essa narrativa sendo apresentada por um youtuber, que na peça se apresenta como um vilão controverso e engraçado”, destaca Abreu.

Com elementos claros do folclore e da cultura popular brasileira em todos os itens que compõem o espetáculo, como nos cenários, figurinos e adereços cênicos, a peça traz ainda músicas inéditas compostas por Felipe Maya Jatobá, Abenilson Fernandes e Alan Jones de Souza. “Não é um espetáculo musical, mas é um espetáculo musicado, sendo todas as canções da peça executadas ao vivo. A equipe de direção musical fez uma pesquisa aprofundada sobre os ritmos maranhenses, e buscamos trabalhá-los durante nosso processo de construção da trilha sonora original de A Lenda do Rei Sebastião e o Touro Encantado, passando pelo bumba meu boi, pelo tambor de crioula, tambor de mina, entre outros, até mesmo com a aproximação desses ritmos com o boi bumbá”, explica o diretor.

Além de Wallace Abreu, completam o elenco os atores Eduardo Gomes, Izabel Rocha e Isabella Dantas. Para Eduardo, que está há 13 anos na companhia, esse é o trabalho mais desafiador já apresentado por ele junto aos Escalafobéticos. “Foi um processo muito intenso. Além do trabalho de interpretação, tivemos processos corporais, vocais e musicais na construção deste trabalho, sem falar do desafio que é estar na rua se apresentando. Mas acho que é um trabalho que tem a nossa cara, a nossa identidade, e tudo que gostamos de fazer: é popular, feito para o povo, e ao mesmo tempo é gostoso de fazer. Sempre pontuamos isso em nossos trabalhos: é pra divertir o público, mas é também para que nós todos da equipe nos divirtamos fazendo. Agora a gente quer reencontrar o público e fazer a magia do teatro acontecer mais uma vez”, conclui o ator. 

O projeto “A Lenda do Rei Sebastião e o Touro Encantado” foi contemplado com o Prêmio Feliciano Lana / Lei Aldir Blanc, e conta com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa/ Governo do Amazonas, Secretaria Especial de Cultura/Ministério do Turismo e Governo Federal.

Serviço

O quê: A Lenda do Rei Sebastião e o Touro Encantado

Quando: Dia 22 de agosto (Domingo) às 17h

Onde: Arena de Artes do Palacete Provincial (Praça Heliodoro Balbi - Antiga Praça da Polícia - Centro)

Quanto: Entrada Gratuita

 

*Obrigatório o uso de máscara durante a atividade



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.