Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
PRÊMIOS

Peça reúne Débora Falabella e Yara de Novaes no Teatro Amazonas

Adaptada do poderoso texto do britânico Mike Bartlett, com direção de Grace Passô e produção do Grupo 3 de Teatro, a montagem recebeu ótimas críticas em sua temporada de estreia



agora_falabella_B23B59B8-8ED4-4BF5-830A-9737DCDFD0C5.JPG Atrizes conquistaram os prêmios da APCA e da Aplauso Brasil. Foto: Vitor Zorzal e Guto Muniz/Divulgação
27/06/2019 às 12:42

Partindo de uma situação totalmente plausível na realidade para demonstrar a faceta mais absurda do assédio moral, “Contrações” é uma obra cruelmente engraçada cuja ação se passa em um único espaço: o escritório de uma grande corporação. Criado em 2013, a peça agora será apresentada pela primeira vez em Manaus, no Teatro Amazonas, no sábado (29) e domingo (30).

Adaptada do poderoso texto do britânico Mike Bartlett, com direção de Grace Passô e produção do Grupo 3 de Teatro, a montagem recebeu ótimas críticas em sua temporada de estreia, levando Débora Falabella e Yara de Novaes à conquista dos prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) e da Aplauso Brasil, na categoria de melhor atriz.

De acordo com Débora Falabella, fundadora do Grupo 3 e intérprete da funcionária Emma, que sofre nas mãos da gerente vivida por Yara de Novaes, a descoberta do texto foi um verdadeiro motivo de alegria para a companhia teatral.

“Depois de montar ‘O amor e outros estranhos rumores’, a companhia pesquisou jovens autores contemporâneos. Foram dois anos de leitura e encontramos Mike Bartlett. Dois textos nos impressionaram muito e fizeram todo o sentido na pesquisa do grupo, que  desde sua fundação busca tratar de temas sobre dominação”, explicou ela.

A atriz ressaltou ainda que os textos escolhidos na época foram “Contrações” e “Love Love Love”, ambos adaptados e montados pelo Grupo 3 ao longo dos últimos anos.  Para ela, não somente “Contrações”, mas todo o teatro em si é um espelho de seu tempo.

“O teatro reflete o seu tempo e acontece sempre no momento presente. Seis anos já se passaram desde a sua estreia, mas cada apresentação de ‘Contrações’ é única e tem participação ativa do público que assiste, logo, o próprio público já atualiza o espetáculo”, afirmou Débora Falabella.

Peça atemporal

Na trama, a gerente (Yara de Novaes) convoca e solicita a Emma (Débora Falabella), sua funcionária, que leia em voz alta uma cláusula do contrato que proíbe aos funcionários qualquer relação com outro empregado da empresa. Nos encontros seguintes, a gerente, amparada pelo poder que tem, libera suas diferentes facetas para manipular Emma. Para manter seu emprego, a funcionária acaba por se render e danifica sua vida privada.

“Os sentidos e a coerência do discurso também se atualizaram. Esta peça é atemporal. Apesar de tratar de uma forma muito contemporânea o tema, a relação de chefe e empregado sempre existiu e para sempre existirá. Considero o espetáculo até mais relevante neste momento do que quando estreamos”, conclui Falabella.

O Grupo 3

Fundado em 2005, o grupo é o realizador das bem-sucedidas montagens teatrais “A Serpente”, de Nelson Rodrigues, dirigida por Yara de Novaes, e “O Continente Negro”, de Marco Antônio de La Parra, dirigido por Aderbal Freire Filho. Espetáculos que mantêm em repertório. O grupo é composto por Débora Falabella, Gabriel Paiva e Yara de Novaes.

serviço

o quê: Peça “Contrações”

onde: Teatro Amazonas

quando: às 20h, no sábado (29); às 19h, no domingo (30)

ingressos: A partir de R$ 20, na bilheteria do teatro

duração: 1h20

classificação: 14 anos

infos. (92) 98232-1725

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.