Publicidade
Entretenimento
VIDA NA TV

Atuando em Malhação, ator Pedro Vinícius fala sobre a vida e personagem gay

Em seu primeiro trabalho profissional como ator, o jovem de 19 anos interpreta Michael Muller 29/10/2018 às 05:35 - Atualizado em 29/10/2018 às 13:51
Show bv0129 005f d5a06592 e41f 4dc0 862d ebcb27f26966
Michael é um rapaz bem humorado, otimista e bem decidido quanto a sua sexualidade (Foto: divulgação)
Hanne Assimen Manaus (AM)

“Sonhos de menino/ É crescer ganhar o mundo” (Chico da Silva). O ‘menino’ Pedro Vinicius, 19 anos, de João Pessoa (PB) está conquistando seu espaço na televisão brasileira, em Malhação – Vidas Brasileiras, na Rede Globo. Pedro interpreta Michael Muller, 15, que é gay, se identifica muito com o universo feminino, sua paixão é moda e cinema e suas melhores amigas são Jade e Pérola. Sua família é sua mãe, Beth, que ama, aceita e incentiva o filho a ser quem é.

Michael é um personagem de bom humor, com uma visão otimista do mundo e e bem resolvido consigo mesmo. A principal história do Michael é a forma de lidar com a relação entre ele e o Santiago. O Michael é muito bem resolvido, mas o Santiago ainda está se descobrindo e isso também é um processo para o Michael, até porque ele também está se descobrindo dentro do relacionamento.

“O Michael é muito próximo da minha realidade. Eu consigo ver muito dele no Pedro por conta dos vínculos que temos, pelo tipo de família que nos criou, pela performance de ser e também pela forma de ver e agir no mundo. Ao passo que retrata pontos muito importantes dentro da causa LGBTQ+, que são as relações familiares e a violência. E o conflito principal da história é o amor. Quer conflito mais comum do que amor?”, afirma Pedro.

Malhação é o primeiro trabalho profissional do ator e ele adianta que é o que quer para a vida inteira. Profissionalmente, Pedro tem apenas um ano trabalho em TV, mas sentimentalmente, ele contabiliza 15 anos de carreira, considerando o tempo de teatro amador que desenvolvia na escola.

O convite para integrar no elenco de Malhação aconteceu em setembro de 2017, quando  estava em um evento de educação internacional, da escola em que estudava, em parceria da Globo com o SESC, e foi apresentado a diretora Natália Grimberg, que estava fazendo a próxima temporada de Malhação.

“Foi tudo uma grande surpresa e descobri, trabalhando com isso, que a minha vontade de criancinha de fazer artes cênicas nunca foi uma fase, sempre foi um prelúdio da minha maior paixão nessa vida”, enfatiza o ator.

O artista, apesar de recém ingressado no universo da TV, sabe bem o que quer para sua vida e onde quer chegar. Ele afirma ter muito interesse pela televisão e cinema, mas considera o teatro ser a raiz das das atuações e a casa do ator. Por isso, pretende dar continuidade em participações em projetos teatrais para amadurecer sua desenvoltura e adquirir conhecimento.

Vida de sonhos e esforços

Pedro Vinicius conta que desde criança sempre quis ser ator. “Conversava com minha mãe sobre a ideia de fazer teatro, mas naquela época era impossível, já que eu era pequeno para andar sozinho e minha mãe não tinha condições de pagar as aulas e muito menos de me levar às aulas, por causa do trabalho”.

Somente em 2015, quando Pedro saiu de casa para estudar na Escola SESC de Ensino Médio, uma escola-residência, no Rio de Janeiro, foi possível estreitar os laços com o teatro e fazer aulas. Ainda naquele ano, ele participou da peça “O Círculo de Giz Caucasiano”, de Bertold Brecht, com a participação de atores e alunos de artes cênicas.

Para 2019, Pedro conta que vai voltar a estudar. Quer começar a fazer Artes Cênicas que passou o ano de 2018 trancada devido sua dedicação ao trabalho. Além disso, quer executar alguns projetos e investir em novos, como conhecer novas áreas do meio artístico, se aventurar e se apropriar mais de sua profissão.

Curiosidade

“Eu amo muito moda! Super trabalharia com moda em algum momento da minha vida. É um mundo que eu acho interessantíssimo e que, com certeza, eu me apropriarei mais dele ao longo do tempo. Meu hobbie é colagens e pintura”

Frase

"Amo o teatro, descobri esse ano que também adoro a televisão e não duvido que também terei um caso de amor com o cinema, mas cada coisa no seu tempo"
(Pedro Vinicius)

Publicidade
Publicidade