Sábado, 07 de Dezembro de 2019
MÚSICA

Péricles e Thiaguinho comentam sobre carreiras e parceria

Com apresentação próxima em Manaus, artistas revelam novos projetos e o futuro de suas carreiras



1474285_0C27E464-809C-487E-8388-78693604F571.jpg Os amigos lançaram recente faixa ‘No Fundo dos Meus Olhos’ juntos. (Foto: Divulgação)
03/05/2019 às 18:04

Thiaguinho vem para Manaus com sua turnê de despedida do “Tardezinha Surreal”, trazendo consigo algumas participações especiais, como o amigo de longa data Péricles. Aproveitando a passagem dos artistas pela capital, o BEM VIVER conversou com eles para saber um pouco mais de seus projetos solo e sobre a recém parceria em “No Fundo dos Meus Olhos”, música do projeto “Pagode do Pericão” que tem conquistado pagodeiros por aí. 

A música já está disponível nas plataformas de streaming e nas rádios de todo o Brasil. “Cantar com Thiaguinho é sempre muito bom, e num projeto como o Pagode do Pericão, melhor ainda. Nos emocionamos e mostramos pra galera que a nossa história, que vem antes de tudo isso, tem muito valor e vai continuar. ‘No Fundo dos Meus Olhos’ é uma regravação do Exalta e fez parte do repertório do grupo lá atrás, quando o Chrigor era o vocalista”, fala Péricles.



Em um palco de 360º o “Pagode do Pericão”, faz uma releitura de clássicos dos anos 1990. Ao todo, o projeto conta com 10 faixas, entre elas a inédita ‘’De Graça e De Glória” que reuniu exatamente o trio Péricles, Thiaguinho e Chrigor. “A gente vem buscando com o projeto mostrar pra muitas pessoas que tínhamos vontade de gravar esses sucessos na nossa versão, creio que vão gostar muito, o resultado tá bonito e faz a gente relembrar e se emocionar, esse é intuito”, comentou o cantor. 

Novos Projetos

Há quatro anos, Thiaguinho deu início a um dos eventos de maior sucesso do Brasil: a “Tardezinha”, Foram mais de 200 edições, 40 cidades percorridas e ingressos esgotados, e agora o artista anuncia que fará uma pausa por tempo indeterminado no projeto. “Não é o fim da Tardezinha. O evento é um sucesso no Brasil inteiro e eu fico muito agradecido por tudo que ele me proporcionou. No momento, eu preciso dessa brecha na agenda para pensar em novos projetos, composições e fazer ainda mais música”, avisa o cantor.

Um dos novos projetos é o lançamento do álbum “AcúsTHico”,  que mostra um lado mais intimista e romântico do cantor. O projeto contém 23 músicas, sendo seis novidades: duas inéditas e quatro regravações. “Eu escolhi essas músicas a dedo. Além das faixas inéditas, busquei hits marcantes, atemporais, que fizeram parte da minha carreira e da minha vida, para compor este trabalho”, explica. 

O projeto “AcúsTHico” deu tão certo que Thiaguinho resolveu transformá-lo também em uma turnê. “Eu recebi um retorno muito positivo do público com os três EPs que lancei ao longo do ano passado. Percebi que o pessoal se identificou com essa proposta e gostou do resultado. Fizemos um show nesse formato no Rio de Janeiro e dois em São Paulo com ingressos esgotados. Agora vamos percorrer o Brasil com o ‘Thiaguinho AcúsTHico’. Só tenho a agradecer”, conta.

Perguntas Para:
Péricles

Por que escolheu TH e Chrigor para serem os primeiros artistas convidados do projeto?
“Eu quis me sentir mais à vontade com os dois dos grandes amigos que eu tenho. A lista é muito grande, mas quando eu os convoquei eles prontamente aceitaram. O resultado tá muito emocionante. A música “De Graça e de Glória” celebra a amizade, é uma chance que temos para comemorar a amizade como um bem maior”.

Como você vê seu momento de carreira atual e o que espera desse projeto?
“É um momento de redescoberta e novos desafios, me impulsona sempre a querer buscar o melhor e fazer o melhor. Os nossos fãs esperam muito da gente, e creio que a partir do que os fãs nos mostram estamos no melhor caminho, e o Pagode do Pericão é isso: estamos no melhor caminho e momento, e as pessoas podem comprovar isso estando junto da gente”.

Perguntas Para:
Thiaguinho

Como tem sido se abrir mais intimamente assim com público nas suas músicas?
“Está sendo uma experiência muito bacana. Fico feliz que o meu projeto “AcúsTHico” esteja permitindo que eu mostre esse outro lado da minha voz, mais intimista. Eu sinto que o público recebeu bem essa proposta, de braços abertos, e está curtindo as músicas comigo”. 

Pra você, qual a maior diferença entre o trabalho com a “Tardezinha” e a turnê “AcúsTHico”? 
 “Os dois projetos têm propostas bem diferentes. Na Tardezinha, eu canto pagode e samba dos anos 90 e 2000. São músicas que estão na memória da galera! Já o 'AcúsTHico', traz um clima mais intimista e romântico com músicas acústicas. No repertório, temos singles do álbum, além de canções grandes artistas brasileiros, como Lulu Santos, Djavan e Chitãozinho e Xororó. Tanto na Tardezinha como na turnê “Thiaguinho AcúsTHico”, eu percebo que o público se identifica com as músicas porque elas fazem parte da nossa história”.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.