Publicidade
Entretenimento
Espetáculo

Pianista alemã apresenta concerto no Teatro Amazonas

Em espetáculo com entrada gratuita, a musicista Fuzjko Hemming terá em seu repertório obras da música erudita. Concerto tem parceria do Consulado Geral do Japão 13/04/2016 às 19:59 - Atualizado em 21/04/2016 às 15:12
Show 0dfddcec 89fc 4ae9 9525 116ccc6945d0
Fuzjko Hemming estuda piano desde os 10 anos e ainda é ativa na área, colaborando com diversas orquestras pelo mundo
Assessoria de imprensa

Em parceria com o Consulado Geral do Japão, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, recebe no palco do Teatro Amazonas, nesta sexta-feira (22), a partir das 19h, um concerto especial com a pianista Fuzjko Hemming, com entrada franca.

Nascida em Berlim, na Alemanha, filha de um arquiteto sueco e de uma japonesa também pianista, Fuzjko terá em seu repertório obras da música erudita como Jardins Sob a Chuva, de Claude Debussy; Sonata Para Piano No. 11, de Wolfgang Amadeus Mozart; O Revolucionário, de Fréderic Chopin; e Pavana Para Uma Princesa Morta, de Maurice Ravel.

Para o governador do Amazonas, José Melo, a apresentação da pianista representa mais um degrau alcançado nas relações amistosas entre o governo amazonense e a embaixada japonesa. “Temos buscado a integração e a cordialidade em vários aspectos com as embaixadas estacionadas em nosso estado, e a do Japão é uma delas. A apresentação no Teatro mostra que a nossa integração cultural com os japoneses continua forte”, afirma.

Na visão do secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, o concerto de Hemming representa um marco na história da cultura do Amazonas. “Estaremos recebendo aqui, pela primeira vez, uma pianista internacionalmente conhecida e renomada, que executará obras que exigem um alto nível de dedicação e estudos. Sem dúvidas, será um concerto inesquecível”, ressalta.

A pianista

Fuzjko Hemming estuda piano desde os 10 anos. Graduou-se pela Universidade de Artes do Japão, mudando-se, logo em seguida, para o Instituto de Música de Berlim, ingressando com a maior nota. Depois, mudou-se para Viena para estudar com Paul Skoda, tocando em vários concertos com o incentivo de artistas como Bruno Maderna, Leonard Bernstein, Shura Cherkassy e Nikita Magaloff.

O grande marco na vida de Hemming foi quando a pianista enfrentou a possibilidade de perder a audição após um grave acidente. Ela venceu a dificuldade e, em 1999, sua história e recital foram transmitidos em documentário pela NHK TV, do Japão, o que fez com que seu primeiro álbum, La Campanella, ficasse à frente dos mais vendidos em todo o país.

Fuzjko Hemming ainda é ativa na sua área, colaborando em diversas ocasiões com orquestras como a Filarmônica de Moscou e a Orquestra Filarmônica Real, tendo, inclusive, realizado concertos com a Orquestra Sinfônica da Rádio de Praga, Filarmônica da Ucrânia e com a Orquestra Sinfônica NHK.

Em parceria com o Consulado Geral do Japão, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, recebe no palco do Teatro Amazonas, nesta sexta-feira (22), a partir das 19h, um concerto especial com a pianista Fuzjko Hemming, com entrada franca.

Nascida em Berlim, na Alemanha, filha de um arquiteto sueco e de uma japonesa também pianista, Fuzjko terá em seu repertório obras da música erudita como Jardins Sob a Chuva, de Claude Debussy; Sonata Para Piano No. 11, de Wolfgang Amadeus Mozart; O Revolucionário, de Fréderic Chopin; e Pavana Para Uma Princesa Morta, de Maurice Ravel.

Para o governador do Amazonas, José Melo, a apresentação da pianista representa mais um degrau alcançado nas relações amistosas entre o governo amazonense e a embaixada japonesa. “Temos buscado a integração e a cordialidade em vários aspectos com as embaixadas estacionadas em nosso estado, e a do Japão é uma delas. A apresentação no Teatro mostra que a nossa integração cultural com os japoneses continua forte”, afirma.

Na visão do secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, o concerto de Hemming representa um marco na história da cultura do Amazonas. “Estaremos recebendo aqui, pela primeira vez, uma pianista internacionalmente conhecida e renomada, que executará obras que exigem um alto nível de dedicação e estudos. Sem dúvidas, será um concerto inesquecível”, ressalta.

A pianista

Fuzjko Hemming estuda piano desde os 10 anos. Graduou-se pela Universidade de Artes do Japão, mudando-se, logo em seguida, para o Instituto de Música de Berlim, ingressando com a maior nota. Depois, mudou-se para Viena para estudar com Paul Skoda, tocando em vários concertos com o incentivo de artistas como Bruno Maderna, Leonard Bernstein, Shura Cherkassy e Nikita Magaloff.

O grande marco na vida de Hemming foi quando a pianista enfrentou a possibilidade de perder a audição após um grave acidente. Ela venceu a dificuldade e, em 1999, sua história e recital foram transmitidos em documentário pela NHK TV, do Japão, o que fez com que seu primeiro álbum, La Campanella, ficasse à frente dos mais vendidos em todo o país.

Fuzjko Hemming ainda é ativa na sua área, colaborando em diversas ocasiões com orquestras como a Filarmônica de Moscou e a Orquestra Filarmônica Real, tendo, inclusive, realizado concertos com a Orquestra Sinfônica da Rádio de Praga, Filarmônica da Ucrânia e com a Orquestra Sinfônica NHK.

Publicidade
Publicidade