Publicidade
Entretenimento
Fim de semana

Barraca do Bixiga completa 32 anos de pizzas e solidariedade em Manaus

Evento no Sesi reúne voluntários que durante dois dias se dedicam a produzir e vender pizzas em prol da Apae 21/10/2016 às 05:00 - Atualizado em 21/10/2016 às 09:26
Show pizza
A receita da pizza é tradicional italiana assada em forno à lenha (Divulgação)
Lucy Rodrigues Manaus (AM)

O ano era 1984. Nascido no tradicional bairro do Bixiga, reduto da colônia italiana em São Paulo, o engenheiro Cid Fontana Lopez tinha vindo para Manaus para trabalhar como diretor da empresa Sharp, no Polo Industrial de Manaus (PIM). Para matar a saudade das pizzas que costumava comer na capital paulista, resolveu construir um forno à lenha em sua casa.

A convite do amigo e hoje empresário Jurandir Gaiotto, que à época também trabalhava no Distrito, fundaram uma barraca exclusiva para beneficiar a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) na tradicional Feira da Bondade. Assim, foi inaugurada a primeira Barraca do Bixiga. De lá prá cá já são 32 anos de pizzas, amizade e números impressionantes de um evento que já é cativo do calendário gastronômico amazonense.

“Nesses 32 anos quatro milhões de reais já foram doados à Apae. Nossa meta nesta edição é igualarmos o recorde de R$ 300 mil, do ano passado. Convido todos a participarem do evento nesta sexta e sábado, a partir das 19h, no Clube do Trabalhador no Sesi”, convoca o administrador da barraca, Armando Ennes.
Mesmo não morando mais na capital amazonense, o fundador Cid Lopez veio especialmente participar do evento.

“Lembro quando tudo começou. Na época não existia nenhuma pizzaria com forno à lenha em Manaus. Fico muito feliz de fazer parte dessa história e ver o quanto essa ideia cresceu. Após 32 anos mais de 25 mil pizzas já foram feitas em Manaus. Não por mim todas, mas por um grupo de pessoas muito dedicadas que uma vez por ano tiram dois dias do seu convívio para trabalhar para a Apae”, orgulha-se. 

Ao todo são mais de 100 colaboradores, entre empresários, diretores, advogados e autônomos, que viram pizzaiolos, chopeiros e garçons por dois dias em prol da Apae. Além de servir, os voluntários animam o ambiente dançando e cantando músicas italianas, inspirados nas apresentações das pizzarias tradicionais do Bixiga. Cerca de mil pizzas, 80 quilos de molho de tomate, 600 litros de chope e centenas de latas de refrigerante serão consumidos durante o evento. 
“Ano passado houve alguma demora, mas esse ano inauguramos uma terceira linha de produção e ninguém vai esperar mais que 15 a 20 minutos”, garante Armando.

Na sexta-feira, 21 a entrada é mediante convite e para participar, os adultos colaboram com R$ 50 cada convite. Já no sábado a entrada é gratuita.

Serviço

O quê:  32ª Edição da Barraca do Bixiga
Onde:  Clube do Trabalhador do Sesi, na Alameda Cosme Ferreira, Coroado
Quando:  21 e 22 de outubro (dia 21 sexta R$50 adulto, criança não paga) e dia 22 aberto ao público
informações e convites:  99112-2727

Publicidade
Publicidade