Publicidade
Entretenimento
Buzz

Polícia indicia motorista de Cristiano Araújo por acidente que vitimou cantor e namorada

O condutor deve responder pelo crime de duplo homicídio culposo - quando não há a intenção de matar - na direção de veículo automotor 10/09/2015 às 11:06
Show 1
Cristiano Araújo e sua namorada Allana, morreram em acidente de carro em Goiás
acritica.com ---

O motorista Ronaldo Miranda, de 40 anos, foi indiciado pela polícia civil pela morte do cantor Cristiano Araújo, 29, e da namorada do músico, Allana Moraes, 19.  Cristiano e sua namorada morreram na manhã do dia 24 de junho após sofrer o grave acidente de carro. 

O condutor deve responder pelo crime de duplo homicídio culposo - quando não há a intenção de matar - na direção de veículo automotor.

O delegado Fabiano Henrique Jacomelis, responsável pelo caso, disse que o motorista  foi imprudente. "Houve o crime de trânsito, ele agiu com negligência no momento que transitou com as rodas não originais, com danos, e imprudente por dirigir em excesso de velocidade", disse.

Dono de hits como "Maus Bocados", "Cê Que Sabe" e "Hoje Eu Tô Terrível", Cristiano Araújo era, ao lado de Gusttavo Lima e Luan Santana, uma das revelações do sertanejo dessa década ao misturar arrocha com o gênero.

Cristiano havia acabado de fazer um show na cidade de Itumbiara (a 200 km de Goiânia), em Goiás, quando o veículo em que estava capotou por volta das 3h da manhã na rodovia Transbrasiliana (BR-153), na altura do quilômetro 613, entre os municípios de Goiatuba e Morrinhos. A namorada de Cristiano, Allana Moraes, morreu no local.

O sertanejo chegou a ser levado em estado grave, com hemorragia interna, para o Hospital Municipal da cidade de Morrinhos. De lá, foi transferido de helicóptero, mas chegou ao Hospital de Urgência de Goiânia já em óbito.

Publicidade
Publicidade