Publicidade
Entretenimento
Vida

Por meio de 'vaquinha' virtual, banda local Ed Ondo luta para se apresentar no Showlivre

No site Kickante você poderá contribuir com valores que podem variar entre R$ 10 a R$ 250 até o dia 17 de fevereiro 02/01/2015 às 17:18
Show 1
O baterista Markeetoo Silva intensifica a campanha com clamor nas redes sociais
Laynna Feitoza Manaus (AM)

Selecionada para mostrar o som que faz no projeto Showlivre – uma das maiores plataformas de divulgação musical alternativa do País – a banda amazonense Ed Ondo agora busca recursos para embarcar a São Paulo por meio de uma campanha de crowdfunding, uma espécie de “vaquinha virtual” que angaria fundos para ações de interesse coletivo. Ao conseguir reunir o valor estipulado para viajar e concretizar o plano, a banda terá a oportunidade de gravar sessions na sede do projeto e exibí-las via Internet a todo o Brasil, reforçando a força e potencial da música feita no Amazonas.

O Showlivre é um site de música que possui um canal do YouTube, e que sempre hospeda o som de diversas bandas do cenário independente. Uma área do site é exclusivamente voltada para que bandas enviem seus trabalhos e sejam avaliadas. Caso sejam selecionadas, uma campanha de crowdfunding é gerada com o intuito de levar os grupos para a “terra da garoa”, segundo destaca Markeetoo Silva, baterista da Ed Ondo. “Nós mandamos o material e fomos chamados pra fazer a campanha, que sempre funciona em parceria com o Kickante, site de crowdfunding”, complementa.

Para se inscrever, a banda preenche um formulário e manda o material – que geralmente envolve canções gravadas em estúdio, videoclipes e fotografias – para que os membros do Showlivre analisem e solicitem mais dados. “Os próprios organizadores pedem para mandarmos mais coisas, como os cálculos dos gastos, e estabelece conosco a grade de recompensas para quem contribuir”, pondera o músico.

Ele lembra que, para conseguir levar a banda até São Paulo, os membros precisam arrecadar R$ 8.500 em 45 dias, a contar da data presente. A Ed Ondo é composta por Micael Silva, Markeetoo Silva, Jean Carlos, André Torbey e Jackson Zi, e foi fundada em 2006. O som do grupo mescla um rock alternativo dos anos 90 com influências de hard rock.

Como ajudar?

No site do Kickante (que você pode acessar clicando aqui), você poderá contribuir com valores que podem variar entre R$ 10 a R$ 250 até o dia 17 de fevereiro. Neste link também estão disponíveis as formas de agradecimentos que serão prestadas a todos aqueles que os apoiarem.  

Confira a reportagem na íntegra no Caderno Bem Viver deste sábado (3)


Publicidade
Publicidade